SERÁ QUE BEBER CERVEJA ANTES DO VINHO PREVINE A RESSACA?

169

É quase parte da natureza humana evitar a ressaca e, com isso, não queremos dizer que se bebe menos a fim de alcançar esse objetivo. Mas certamente existem muitas “receitinhas” em torno dessa questão, inclusive aquela famosa tática espalhada por aí há décadas: “Se você continuar bebendo, não vai ficar de ressaca”.

Para amenizar os danos do dia seguinte, determinadas dicas são clássicas e realmente essenciais, como beber muita água e se alimentar. Contudo, existem muitos mitos quando se trata de bebidas alcoólicas. Então, como saber o que é verdade ou não?

Você já ouviu falar que beber cerveja antes de um vinho ajuda a prevenir a ressaca? Se não ouviu, informamos que muitos fazem isso e acreditam que funciona. Para descobrir se esse método é eficaz, cientistas da Universidade de Witten/Herdecke, na Alemanha, mergulharam no assunto. O estudo foi publicado no periódico American Journal of Clinical Nutrition.

Os pesquisadores reuniram 90 voluntários, que foram divididos em 3 grupos. As pessoas do primeiro grupo beberam 2,5 litros de cerveja seguidos de 4 grandes taças de vinho. No segundo, as bebidas foram servidas em mesma quantidade, mas na ordem inversa. E, finalmente, os participantes do terceiro grupo beberam cerveja e vinho aleatoriamente ao longo da noite.

No final da última rodada, todos os voluntários disseram o quão bêbados estavam em uma escala de 0 a 10. E, no dia seguinte, como sempre acontece, a ressaca chegou. Alguns sintomas foram observados e usados para medir o estrago feito: dores de cabeça, falta de sono, náuseas, aumento dos batimentos cardíacos, dentre outros.

No fim das contas, os cientistas constataram que a ordem das bebidas não fez diferença alguma. Portanto, a eficácia do método não foi comprovada. Mas não desanime, porque essa pode ser uma boa notícia para você que não consegue parar em uma bebida só. De qualquer forma, beber cerveja antes do vinho é mais uma receitinha que entrou para a lista de mitos sobre como evitar a ressaca.

Como imaginado, todos os voluntários se sentiram péssimos. E a verdade que já sabemos veio à tona mais uma vez: a única variável que pode reduzir a intensidade da sua ressaca é a quantidade de bebida que você consome.

Megacurioso