Polícia exige entrar na Globo para enquadrar Paula no BBB19 e delegado dá ultimato

178

A polícia está decidida e vai entrar na Globo de qualquer maneira. O delegado da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro, Gilbert Stivanello, solicitou entrar na emissora com a sua equipe para interrogar Paula dentro do confinamento.

“Vamos ao local para confrontar o que vimos nos vídeos. A questão em análise é de intolerância religiosa. Ainda há dúvida no fato de haver crime na fala dela e a conversa vai ajudar bastante a elucidar”, disparou o delegado ao jornal Extra, destacando as conversas com Diego e Hariany.

Nos vídeos, Paula dizia ter medo de Rodrigo por ele ter contato com “esse negócio de Oxum”, dizendo que “nosso Deus é maior”. “Eu tenho muito medo do Rodrigo”, disse ela na Globo. “Medo de que? De ele te mandar para o paredão?”, questionou a amiga.

“Medo de eu pegar o líder algum dia e mandar ele. Tenho muito medo. Ele mexe com esses trecos aí…Ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso”, explicou Paula na Globo. “Não fala isso. As pessoas vão achar que você é preconceituosa”, disse Hariany.

“Mas eu não sou não. Nosso Deus é maior”, rebateu Paula no BBB19. Agora ela sofrerá as consequências.