O que aconteceria se jogássemos uma bomba atômica dentro de um vulcão?

1079

destacada-7

Como já mencionamos aqui na Fatos, a nossa imaginação não tem limites, e como imaginar é de graça, que tal embarcar com a gente e tentar entender o que é que poderia acontecer caso uma bomba atômica fosse lançada exatamente dentro de um vulcão?

Pois bem, para conseguirmos entender como seria esse procedimento as duas primeiras coisas que precisamos entender, é exatamente o que é cada um desses fatores que estão envolvidos nessa situação maluca.

O vulcão como você provavelmente já sabe é uma das maiores forças da natureza. Mas resumidamente essa estrutura geológica é formada quando o magma, gases e partículas quentes escapam da superfície terrestre. Já a bomba atômica é uma das mais potentes armas artificiais que criamos.

Mas afinal, o que aconteceria caso uma bomba atômica fosse arremessada dentro de um vulcão?

Bem, a primeira e principal resposta pode até ser um pouco desmotivadora, uma vez que a temperatura do magma seria capaz de derreter por completo toda a estrutura da bomba.

Isso quer dizer, que mesmo antes da bomba ser acionada e de todos os seus reatores serem ativados toda a estrutura da bomba já estaria em completa efervescência.

Por outro lado, podemos pensar em algumas outras possibilidades, como o fato de ativar uma bomba atômica logo acima da boca doe um vulcão.

Neste caso haveria sim uma explosão, porém ela não seria tão estrondosa e gigantesca quanto imaginaríamos, uma vez que vulcões geralmente possuem um formato cônico (estratovulcão), e esse formato impedia a propagação de todo o calor potencial da bomba atômica.

Nessa condição a bomba seria capaz de deformar o vulcão, mas não destruir a área ao seu redor por exemplo e nem se quer incitar uma erupção.

Por outro lado, a pressão de ar quente criada pela explosão seria capaz de derrubar edifícios de concreto e o pior de tudo, a radiação gerada seria capaz de contaminar um gigantesco raio ao redor do local onde tudo ocorreu.

E como sabemos a radiação de uma bomba atômica é destruidora, gerando danos a região afetada por décadas e décadas.

O que podemos concluir, é que se uma bomba for jogada e acionada sobre a boca de um vulcão, e não em seu interior, ela geraria um grande estrago, visto as característica que essa bomba possui, como o elevado grau de radiação e a pressão de ar estrondosa que cria.

Por outro lado, em condições naturais esse impacto não seria capaz de provocar uma erupção por exemplo. A não ser que o vulcão em si, já se encontrasse em intensa atividade e apenas precisasse de um empurrãozinho para expelir.

E então queridos leitores, vocês podiam imaginar que é isso que ocorreria em uma situação maluca como essa? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários.

FONTE(S) iflscience