O QUE ACONTECE QUANDO A LAVA ENCONTRA O GELO?

155

A visão de um vulcão em erupção com lava incandescente indo montanha abaixo é fascinante, não é mesmo? Ao menos para quem vê a cena de um lugar seguro, obviamente. Um vulcão ativo pode estar em um local de clima quente ou mesmo em uma região com neve. Nesta última, o encontro do gelado do solo com o quente da lava pode tornar o espetáculo ainda mais bonito.

.

Com isso em mente, além de uma investigação geológica, um grupo de pesquisadores da Universidade de Syracuse, nos Estados Unidos, se uniu para fazer experiências e testemunhar a interação de um fluxo de lava vulcânica em superfícies de neve, como você pode conferir no vídeo acima.

Batizada de “Lava Project” (Projeto Lava), a simulação consistiu em derreter 300 quilos de rocha basáltica e derramar sobre o gelo para conferir os efeitos, tanto para observação científica quanto para diversão, é claro!

Bolhas e vapor

Os geólogos Robert Wysocki e Jeff Karson são alguns dos colaboradores do “Projeto Lava” e fizeram a experiência não só no gelo, como também em superfícies com outras condições de temperatura — você pode ver alguns testes neste canal da Vimeo.

De acordo com os resultados divulgados no site da revista Smithsonian, o choque da lava com a neve produz a formação de bolhas pela vaporização do gelo. Porém, o material incandescente nem sempre só derrete o gelo e o fluxo sob a superfície; ele também é capaz de deslizar sobre o solo gelado mais livremente devido a um tipo de “lubrificação” pelo vapor, fazendo com que a descida seja mais rápida.

Gelo e lava: perigo elevado

Com isso, se comprova um perigo maior para comunidades existentes em regiões com vulcões cobertos de neve (como existe na Islândia e Sicília), pois essa interação pode causar inundações, destruir recursos valiosos e até mesmo produzir explosões.