Morre o cantor e compositor Almir Guineto aos 70 anos

702


Almir Guineto morreu hoje (5) aos 70 anos. Um dos mais importantes nomes do samba brasileiro, o cantor e compositor tinha 70 anos e estava internado há algumas semanas. Um problema renal crônico causou a morte do artista.

Guineto fez muito sucesso na segunda metade da década de 80, especialmente com o disco homônimo de 1986 que trazia “Caxambu”, “Mel Na Boca” e “Superman”.

Antes disso, ele já tinha deixado seu nome na história do samba, especialmente por ter ajudado a fundar o grupo Fundo de Quintal, que se tornaria uma verdadeira instituição da nossa música. Ele ainda introduziu o banjo adaptado com braço de cavaquinho no estilo.

Almir participou apenas do primeiro disco do grupo, de 1980, e depois partiu para carreira solo. Guineto também foi um dos compositores, com Jorge Aragão e Luiz Carlos de “Coisinha do Pai”, um dos maiores sucessos da carreira de Beth Carvalho.