Kesha explica o doloroso significado por trás do título de seu álbum novo: “Rainbow”

435


Em entrevista ao programa “Elvis Duran And The Morning Show”, Ke$ha falou sobre seu novo disco, “Rainbow” (“Arco-íris”, em português), anunciado para este ano. Este será o primeiro álbum desde “Warrior”, lançado em 2012.

Ao falar sobre o que levou à escolha desse título, Kesha relembrou a batalha legal que vem enfrentando contra o produtor Dr. Luke, acusado de discriminação e assédio moral e sexual em 2014. A cantora revelou que chegou a pensar que jamais conseguiria compor e cantar novamente.

No entanto, em meio a tantas dificuldades e lutas contra si mesma, Kesha conta: “Tinha dias em que eu acordava e pensava: Você pode ficar na cama e não fazer nada, ou você pode ir para o estúdio. E mesmo quando eu realmente não queria, eu ia.”

A cantora continua: “O motivo pelo qual eu chamei este álbum de ‘Rainbow’ é porque eu associo a minha cura a um retorno à minha infância, antes de tudo ficar tão perturbado e eu me magoar tanto. Tudo era mágico e eu não entendia. O mundo era tão grande e lindo, eu confiava em tudo e em todos, era perfeito e maravilhoso” – como um arco-íris.

Na entrevista, a cantora também revelou como sua mãe foi parte essencial no desenvolvimento de sua habilidade de traduzir emoções negativas em músicas, e que esse é um hábito que ela desenvolveu na escola, quando sofria bullying e escrevia para desabafar e tentar entender o que acontecia em sua vida.