Jacaré de 320 quilos foi encontrado na Geórgia tirando um cochilo

265

O jacaré-norte-americano, também é conhecido como aligátor e é uma espécie de jacaré encontrada apenas na região sudeste dos Estados Unidos, geralmente, perto de riachos e pântanos. Eles são a única espécie de jacaré que existe nos EUA e dividem, na maioria das vezes, o seu habitat com o crocodilo-americano. Quando esses animais são jovens, eles se alimentam de insetos e pequenos crustáceos. Adultos procuram rãs, cobras, peixes e animais mortos. Além de também poderem se alimentar de animais grandes como, por exemplo, puxam um veado para dentro da água, o afogam e depois o comem.

Nos Estados Unidos, existem muitas histórias e lendas urbanas de que jacarés eram encontrados nos esgotos das grandes cidades, mas no caso dessa história, o jacaré encontrado foi bem real.
Esse em específico foi capturado em uma vala de irrigação perto do lago Blackshear, na Geórgia. O animal pesava cerca de 320 quilos e media quatro metros, de sua cabeça à cauda, além do seu perímetro no peito ser de 144 centímetros.

Quem conseguiu capturar esse animal foram os especialistas em vida selvagem do Departamento de Recursos Naturais da Geórgia (DNR). Isso aconteceu depois de um fazendeiro ter encontrado o réptil em uma vala de irrigação.

Captura

“Capturamos alguns jacarés, mas nenhum deste tamanho”, disse Brent Howze, biólogo da DNR. “Foi um pouco desconcertante no início dado o seu tamanho e poder, mas eu trabalho com um grupo incrivelmente talentoso de pessoas e estávamos bastante confiantes de que poderíamos lidar com a situação”, acrescentou.

Durante todo o século XX, a população de jacaré no sul dos Estados Unidos tinha sido dizimada por causa da caça excessiva a esses animais e pela perda de seu habitat. E no fim dos anos 1980, com os esforços para que esses jacarés fossem conservados, conseguiram ter um progresso e viram as criaturas voltando e prosperando no local.

Essa história entre o colapso e a recuperação foi muito rápida e completa. E por mais que isso seja encorajador, a abundância significa que as populações precisam agora ser mudadas para outros lugares e caçadas, principalmente se elas forem encontradas perto de populações humanas ou de gado.

No caso desse jacaré que foi encontrado, o DNR observou que se tratava de um animal velho porque pode ser observado várias cicatrizes nele e feridas de bala que o tempo deixou em seu corpo. E exatamente por causa de sua saúde baixa e idade avançada, eles decidiram que o melhor a se fazer era sacrificar o animal. “É uma situação lamentável, mas a melhor coisa para o animal era abaixá-lo”, disse Howze. “Há apenas uma maneira de um jacaré viver tanto tempo, e é evitando humanos”, completou.

E como vivemos em uma era onde tudo é compartilhado online, o achado desse animal não foi diferente. Logo que postaram a foto do animal nas redes sociais, ela se tornou viral, mas nem todos estavam convencidos de que a imagem era real. O DNR se pronunciou para confirmar a veracidade do tamanho do jacaré. “Aparentemente muitas pessoas pensam que era falso, mas posso garantir que não é”, confirmou Howze. “Eu sou o único na foto, e você provavelmente pode dizer que eu não cheguei muito perto disso”, concluiu.