Copie essas 6 ideias dos estudantes que falam inglês fluentemente

505

Graças a globalização é possível ter acesso a um mundo de informações jamais imaginado antes. Ao mesmo tempo, mais da metade de todo o conteúdo disponível na rede está em língua inglesa, aqui incluem-se desde artigos jornalísticos, teses e estudos; a filmes, programas de tevê e cursos on-line. A verdade é que atualmente o domínio desse idioma tornou-se extremamente vantajoso para profissionais das mais diversas áreas, os quais ampliam suas perspectivas de lucros ou intercâmbio, por exemplo, apenas por falarem inglês fluente. A seguir, separamos seis ideias que estudantes fluentes em inglês sublinharam como sendo extremamente eficazes para aprender inglês. Confira!

Transforme sua rotina

Para absorver o inglês como um todo, se faz necessário imergir na cultura e, evidentemente, aproximar-se do vocabulário. Por isso, um dos primeiros conselhos dados aos estudantes de ambos os níveis, iniciante e avançado, é que introduza as palavras inglesas na sua rotina. Mas como? Anotar e colar as palavras dos objetos de casa pode ser um bom começo. O aluno pode, por exemplo, escrever “refrigerator” na porta da geladeira, ou “door” na porta do seu quarto. Além disso, os mais familiarizados com os aparelhos tecnológicos tem a possibilidade de reconfigurar celulares, tablets e computadores este idioma. A ideia é muito simples: vivenciar o inglês em casa.

Baixe materiais de áudio para escutar no tempo livre

Antes de um bebê começar a falar, ele precisou ouvir ativamente todo o som ao redor para, então, diferenciar o que é a palavrar e, depois, reproduzi-las perfeitamente. A ideia aqui é resgatar esse processo de escuta ativa, que todos conhecemos. Como ferramenta, o estudante irá precisar de materiais como palestras subtituladas, canções, podcasts e programas de rádio voltado ao ensino do idioma. Um bom professor, claro, não pode ficar fora desta lista. O mais importante é que ele tenha a chance de escutar, escutar e escutar.

Fale sozinho de frente para o espelho

Seguimos pensando no aprendiz como uma criança que ainda não sabe falar. Logo, não podemos esquecer da fase de balbucio,  que nada mais seria do que o treino da fala. Uma dica para ganhar confiança e desenvolver altas habilidades de comunicação é a prática do inglês sozinho, se possível, na frente do espelho. Imagine que você está em uma conversa, falando inglês. Como você gostaria de agir? Quais perguntas você faria e quais respostas viriam? Isso pode parecer incomum no primeiro momento, mas funciona. Quer aprender inglês? Acesse preply.com/pt/skype/professores–inglês.

Reescreva textos ou artigos completos 

Esse método é um dos mais eficientes para destravar o cérebro e abri-lo para o inglês. Basta que o aluno tente memorizar um texto completo em inglês através da reprodução escrita do mesmo a próprio punho, logicamente com vocabulários e expressões já traduzidas. A memorização é facilitada também quando o texto é relido várias vezes em voz alta.

Viaje ou procure trabalhar com clientes internacionais

As viagens e o uso contínuo do inglês no trabalho, ajuda o estudante a não ter medo de cometer erros, a se sentir mais confortável na língua e se policiar menos. Então, se você tem a oportunidade de passar alguns dias que seja no exterior e praticar o inglês, não pense duas vezes.

Faca uma lista das coisas mais estranhas do inglês

A apropriação das diferenças existentes entre o inglês e o português é um outro excelente facilitador da língua. Para tanto, o estudante precisa estar atento aos sons inexistentes no português como o “th” do inglês, por exemplo. Além de outras curiosidade como a formação dos plurais, o uso de palavras aparentemente iguais ao português, mas com significado diferente, como o adverbio “actually”, que não quer dizer atualmente, mas “na verdade”. Esses são os chamados falsos amigos.