Como montar um projeto de arquitetura sustentável

62

Os métodos utilizados pelo escritório de arquitetura em Santo André entregavam projetos construídos a partir de métodos convencionais, contudo estes consumiam muita matéria prima e após da entrega eram os responsáveis pelo aumento de despesas do imóvel. A partir disso surgiu a necessidade de criar projetos que atendem a necessidade do proprietário, sem causar maiores danos ao meio ambiente. Veja como montar um projeto de arquitetura sustentável.

Arquitetura verde: entenda as necessidades do cliente

Os escritórios de arquitetura em São Paulo, bem como o escritório de arquitetura em São Caetano do Sul e também o escritório de arquitetura em São Bernardo do Campo devem entrar em contato com o cliente não apenas para entender qual é a idealização da planta, mas sim para compreender quais são as reais necessidades que podem ser atendidas de uma forma menos agressiva para a natureza.

É importante que um escritório de arquitetura no ABC, por exemplo esteja atento para às legislações estabelecidas. Isso porque não se trata apenas da tecnologia que será utilizados para poupar recursos naturais durante o gerenciamento de obras, mas também de reduzir os resíduos gerados e principalmente de fazer a destinação correta deles.

Conheça mais sobre a arquitetura verde

Uma das práticas que tem feito bastante sucesso tanto no caso dos escritórios de arquitetura na vila olímpia, assim como os arquitetos residências em sp e também dos arquitetos comerciais em sp é que a construção do projeto corporativo e comercial, e do residencial não precisa ser necessariamente “a partir do zero”.

O retrofit, por exemplo, é um conceito faz a modernização de um empreendimento imobiliário a partir de soluções ecológicas que promovem o gerenciamento de energia elétrica para otimizar o consumo e de outras formas de abastecer a rede (como é o caso das placas de energia solar), além do reuso de água da chuva e também de controle de tarefas. Essa prática é tão eficiente que a economia de recursos pode chegar até 40%.

A reutilização também é uma alternativa. Por que não pegar um móvel antigo e reformá-lo, ou até mesmo ressignificá-lo? Nem todos os materiais descartados não prestam mais, é interessante fazer um garimpo para verificar quais são as peças disponíveis que combinam com o seu projeto, como é o caso das cerâmicas, dos metais, e também das madeiras de demolição que hoje fazem o maior sucesso!

Para assegurar para os clientes que o escritório de arquitetura e engenharia trabalha com a sustentabilidade é interessante adquirir os certificados de construção sustentável. No Brasil, os mais conhecidos são o Leadership in Energy & Environmental Design, o AQUA (Alta Qualidade Ambiental), e a Casa Azul que corresponde a projetos financiados pela Caixa Econômica Federal.