COMO A EXPECTATIVA DE VIDA AUMENTOU TANTO NAS ÚLTIMAS DÉCADAS

93

De acordo com projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2015 para 2016, a expectativa média de vida ao nascer no país aumentou 0,28 ano, o que corresponde a mais 3,4 meses. Assim, em 2016, a expectativa era de 75,72 anos (72,18 anos para homens e 79,31 para mulheres). Em 2019, a expectativa de vida ao nascer já está estimada em 76,5 anos.

E esses números só vêm aumentando: enquanto uma pessoa nascida nos anos 1940 tinha expectativa de viver, em média, 45 anos, a população nascida em 2019 deverá passar dos 76 anos, em média. Isso acontece por diversos fatores, mas especialmente pela melhora na saúde e na qualidade de vida.

Estamos mais bem informados sobre o que pode ou não nos causar problemas, por isso muitas pessoas deixam de fumar, beber ou se engajar em outros comportamentos de risco, especialmente quando já estão perto da terceira idade.

Ao mesmo tempo, a medicina avançou e trouxe muitos novos remédios e tratamentos para doenças que, nos anos 1940, poderiam ser causas de falecimento. Hoje em dia, pessoas com problemas cardiorrespiratórios têm acesso facilitado a medicamentos e consultas que as ajudam a viver mais e com qualidade, por exemplo.

O bem-estar é um fator inegável nessa longevidade: o acesso a itens básicos, como saneamento e água potável, ficou muito mais amplo, e todos estão mais conscientes da importância dos exercícios físicos, dos malefícios do estresse e de outros fatores que contribuem para uma vida mais longa.

Idoso segurando bengala

Como isso se reflete na Nova Previdência?

A estimativa para 2050 é que existam mais avós do que netos — ou seja, a população idosa será maior. A Nova Previdência estipula regras que buscam continuar melhorando a qualidade de vida dessa população. Veja alguns exemplos.

Quem ganha menos também pagará menos?

Sim! Essa é a verdade. E quem paga mais também ganha mais. A alíquota de contribuição de quem recebe até um salário mínimo será reduzida de 8% para 7,5% sobre o recebimento, e os percentuais variarão de forma progressiva, como já ocorre no Imposto de Renda.

Todos terão de participar?

Sim! Todos participarão da Nova Previdência, desde servidores públicos até trabalhadores da iniciativa privada, de juízes a militares.

O que mudará para quem já se aposentou?

Nada! Os direitos adquiridos já estão garantidos.

Ainda tem dúvidas sobre a #novaprevidência? Acesse o site oficial do Governo e se informe: brasil.gov.br/novaprevidencia.

Publieditorial patrocinado pela Secretaria Especial de Comunicação Social do Governo Federal.