CIDADE CAVA CENTENAS DE COVAS PARA FAZER MORADORES FICAREM EM CASA

11

Em Dnipro, a quarta maior cidade da Ucrânia, começaram os preparativos para lidar com as mortes de pessoas infectadas com covid-19, apesar do local ainda não ter registrado nenhuma morte pela doença. Cerca de 600 covas foram preparadas nos cemitérios da cidade como uma maneira de alertar a população sobre os perigos dessa enfermidade e a necessidade do isolamento social.

O anúncio foi feito pelo Facebook do prefeito de Dnipro, Borys Filatov, onde ele escreveu: “Estamos nos preparando para o pior. Não 400, mas 600 sepulturas foram cavadas nos cemitérios da cidade para o possível enterro dos mortos pelo coronavírus. Mil sacos plásticos grossos foram comprados para armazenar corpos”.

Outra medida tomada pela prefeitura do local foi proibir os médicos de fazerem autópsia em pacientes que morreram com suspeita de terem contraído a covid-19.

09125207578725

Dnipro criou 600 novas covas em seus cemitérios para abrigar futuros mortos por covid-19

Mais pânico ou mais segurança?

Essas atitudes causaram opiniões diversas: pessoas acusam o prefeito de causar mais pânico aos moradores de Dnipro, principalmente entre aqueles que já estão passando por momentos de ansiedade devido à pandemia.

Outros apoiam a medida adotada, afirmando que essa é uma boa técnica para coagir os cidadãos a permanecerem em casa para evitar espalhar a covid-19 para outras pessoas.

09131227298748

Opinião de populares sobre medidas adotadas pelo governo de Dnipro está dividida