Bilionário procura mulher para acompanhá-lo em viagem para a Lua

16

No dia 12 de janeiro, o bilionário japonês Yusaku Maezawa publicou em seu Twitter: “[PROCURA-SE!!!] Por que não ser a primeira mulher a viajar para a Lua? #MZ_procurando_por_amor”, junto de uma imagem que mostra o próprio Maezawa com a Lua no plano de fundo e a frase “Vamos para a Lua comigo?” em destaque.

Ele propôs um concurso para as mulheres que estiverem dispostas a acompanhá-lo a uma viagem ao redor da Lua que pretende fazer em 2030. O prazo para se inscrever é 17 de janeiro de 2020, conforme a imagem mostra. Entre os critérios, estão: ser uma mulher de 20 anos, solteira, otimista e ter interesse em ir para o espaço.

Planejamento da viagem

Em 2018, Maezawa já havia informado sobre suas intenções de viajar para a Lua na nave Starship, do também bilionário Elon Musk, em 2023. Ele pretende, além de levar a namorada vencedora do concurso, alguns artistas. A intenção é que a viagem, de certa forma, os inspire. Tudo será registrado e compilado em um documentário para a AbemaTV, um serviço de streaming japonês.

(Fonte: Twitter/Yusaku Maezawa)
(Fonte: Twitter/Yusaku Maezawa)

Reação do público

moon earth exploitation e1503543244286

Entre muitos comentários, boa parte deles xingava a proposta de Maezawa.

Uma das principais críticas feitas gira em torno do fato de esse ser o primeiro voo a levar uma mulher para Lua. De acordo com os internautas, a proposta acaba desmerecendo as mulheres que estudam e trabalham para se tornarem astronautas e valoriza a escolha de um bilionário em busca de um relacionamento amoroso.

A mensagem central que foi retirada de todo esse concurso que o bilionário propôs é que, para mulheres de futuras gerações, pode ficar subentendido que relacionamentos podem leva-las muito mais longe do que estudo e muito trabalho duro.

A publicação no Twitter alcançou muita gente e já conta com quase 70 mil curtidas, 24 mil retweets e 7 mil comentários.

Mega Curioso