ASTEROIDE QUE VAI PASSAR PELA TERRA PARECE ESTAR USANDO MÁSCARA

19

O universo sempre foi um tema de grande interesse para nós. A totalidade do espaço ainda não foi entendida, mas existem coisas que os cientistas já conseguiram descobrir, entender em algum nível, e descrever. Além dos planetas que conhecemos e dos astros, que vemos constantemente nos céus, nosso sistema solar está repleto de outros corpos.

Um exemplo disso são os asteroides. Eles são corpos rochosos e metálicos que têm uma órbita definida ao redor do sol. Eles fazem parte dos corpos menores do sistema solar e, normalmente, têm algumas centenas de quilômetros. Vários deles já passaram perto do nosso planeta e alguns até já nos atingiram, como o do tempo dos dinossauros.

Sempre, de tempos em tempos, asteroides passam pela Terra. Algumas vezes até preocupando os pesquisadores com a possibilidade de uma possível colisão. E outras vezes, esses corpos rochosos intrigam as pessoas não pelo seu tamanho, mas sim por suas características que parecem condizer com a situação que estamos passando na Terra. Como por exemplo, o asteroide em forma de caveira, que passou em pleno halloween.

Agora, aconteceu outra dessas coincidências incríveis. O asteroide 52768 (1998 OR2) vai passar por nosso planeta na semana que vem. E ele parece saber da pandemia que estamos passando, já que ele parece estar usando uma máscara.

As imagens do asteroide foram feitas pelo Observatório Arecibo, em Porto Rico. De acordo com as estimativas dos cientistas, o asteroide tem 1,9 quilômetros de largura. Esse tamanho é o suficiente para causar vários danos à Terra se acontecesse uma colisão. Mas isso está fora de cogitação

.

Segundo a NASA, ele passará a uma distância de 6.290.589 quilômetros de nós a 31.319 quilômetros por hora. Essa distância é 16 vezes a do nosso planeta até a lua. O asteroide vai passar na próxima quarta-feira, 29 de abril, às 6:56 horas horário de Brasília.

Observação

asteroide2

Esse asteroide foi descoberto em 1998, e tem características topográficas de pequena escala. Como por exemplo colinas e cordilheiras em um dos seus extremos. E de acordo com a chefe  do radar planetário do Observatório Arecibo,  “já que estamos todos pensando no COVID-19, esses recursos fazem com que o OR2 pareça usar uma máscara”.

O asteroide foi classificado como potencialmente perigoso por causa de sua metragem e estar localizado a menos de oito milhões de quilômetros da órbita da Terra. Por isso ele precisa ser estudado para ver se o caminho que ele fará não será um risco para a Terra.

“Em 2079, o OR2 passará pela Terra cerca de 3,5 vezes mais perto do que esse ano, por isso é importante conhecer sua órbita com precisão”, esclareceu Flaviane Venditti, uma das cientistas do observatório.

Segurança

asteroide e1588010297544

O monitoramento desses objetos próximos do nosso planeta não pode parar por uma simples questão de defesa planetária. Mas por conta da pandemia algumas mudanças foram feitas para que esse monitoramento continuasse a acontecer.

O número de cientistas e operadores de radar no observatório foi limitado. Além disso, todos os cientistas estão usando máscaras.

asteroide3 e1588010317361

O OR2 é o maior asteroide que vai passar pela Terra nesses próximos meses, mas não é o maior que já foi visto. Esse título vai para o chamado 3122 Florence (1981 ET3), que era estimado entre quatro e nove quilômetros de largura. E ele não colidiu com o nosso planeta por pouco, no dia 1 de setembro de 2017.

Ele também deve voltar a se aproximar de nós no dia dois de setembro de 2057.

Fatos Desconhecidos