Após um ano de “match”, idosos que se conheceram no Tinder oficializam união

167

Quem ainda não acredita em amor virtual pode mudar de opinião depois de dar um “super like” nessa história. Após um ano de “match” (quando dois usuários se gostam) no aplicativo de relacionamentos Tinder, Neusa Rodrigues Pereira, de 73 anos e Vitório Wilian Bassani, de 77, se casaram no último sábado (9/2), na cidade de Sorocaba, interior de São Paulo.

Viúva há seis anos, a aposentada achou que seria melhor procurar por um novo amor em um aplicativo do que nas ruas. Ela morava com um filho no município de Votorantim (SP), que decidiu se mudar. Foi quando pediu ajuda a neta, de 14 anos, para fugir da solidão. “Já tinha ouvido falar nessas coisas e pedi para ela (a neta) ajudar na encontrar um negócio de arrumar namorado. Minha colega já tinha comentado e daí na hora peguei o jeito”, lembra.

casal de idosos que se conheceu no tinder se casa min

Neusa encontrou Wilian. Motorista particular, de 77 anos, separado, tem uma filha e mora na praia. Essa era a descrição no perfil do futuro esposo. Ela conta que depois do match, Wilian ligava duas vezes, todos os dias. “Sabia que ia dar casamento”.

O primeiro encontro foi à moda antiga, com os dois filhos de Dona Neusa presentes. Depois, Wilian voltou para casa. Um ano depois da sessão de perguntas ao pretendente, o casal irá passar a lua de mel no litoral paulistano.