7 SÉRIES DE TV QUE NINGUÉM QUERIA QUE FOSSEM CANCELADAS (MAS FORAM)

398

Hayley Atwell Agent Carter Marvel

Não tem nada melhor do que começar a assistir a uma série de TV e se apegar a história e aos personagens, não é mesmo? Atualmente, há um arsenal de produções disponíveis para nós enchermos a nossa lista de “próximas séries”. Mas, nesse conto de fadas que é conhecer uma série e se apaixonar por ela, nem sempre o final é feliz. Com audiência fraca e críticas negativas, não tem como as empresas sustentarem um programa de TV. Sim, é muito caro produzir uma série! O resultado são produções canceladas e um grupo de fãs furiosos nas redes sociais.

Contudo, o cancelamento não significa que a série é ruim. Muitas produções excelentes já foram deixadas para trás. Pensando nisso, separamos 8 séries de TV que ninguém queria que fossem canceladas (mas foram). Confira:

1 – Firefly

Com o mesmo criador de Buffy, a Caça-Vampiros, Joss Whedon, a série Firefly foi lançada em 2012. Com o cenário em 2517, a história é sobre um grupo de humanos tentando explorar um novo sistema estrelar dentro da nave espacial Serenity. A Fox decidiu cancelar a série depois de apenas uma temporada. Em 2005, a Universal Pictures produziu um filme do mesmo universo, Serenity – A Luta Pelo Amanhã.

2 – Veronica Mars

Depois de três temporadas, Veronica Mars foi cancelada em 2007. Neste drama de Rob Thomas, Kristen Bell faz o papel de Veronica, uma agente que tenta resolver diversos casos – o maior dele envolve a morte de sua melhor amiga Lilly (Amanda Seyfried). Enquanto isso, ela se apaixona, faz novos amigos e estuda no ensino médio. A série fez tanto sucesso que em 2013, fãs arrecadaram mais de 5,7 US$ milhões para Veronica Mars ter um filme.

3 – My So-Called Life

My So-Called Life contava os problemas da adolescência de Angela Chase (Claire Danes). Lançada em 1995, a série abordava problemas como homofobia, alcoolismo, abuso de outras substâncias, e claro, relacionamentos problemáticos. Depois de apenas uma temporada, as avaliações baixas levaram My So-Called Life ao cancelamento.

4 – Agent Carter

Depois do público conhecer a Peggy Carter (Hayley Atwell) no filme Capitão América: O Primeiro Vingador (2011), a personagem ganhou uma série na ABC. O cenário é no final da década de 1940, quando a forte e independente Peggy, vivia como uma agente secreta. Apesar das críticas positivas e uma base leal de fãs, Agent Carter nunca teve um número alto de audiência. Por esse motivo, foi cancelada na segunda temporada.

5 – Sense8

Os fãs ficaram chocados quando a Netflix anunciou que Sense8 estava cancelada. A série foca em oito personagens espalhados pelo mundo que tem a vida emocionalmente e mentalmente conectadas. Além disso, explora tópicos relevantes como política, identidade de gênero e religião. Inconformados com o cancelamento, os fãs fizeram um abaixo assinado pelas redes sociais e a Netflix resolveu produzir um último episódio de despedida com duas horas de duração.

6 – Hannibal

Baseada na obra de Thomas Harris, a série Hannibal de Bryan Fuller, foi lançada em abril de 2013 pela NBC. A história é sobre a intrigante conexão entre o agente da FBI, Will Graham (Hugh Dancy), que foi contratado para investigar um serial killer em Minnesota; e o psiquiatra Dr. Hannibal Lecter (Mads Mikkelsen), o assassino canibal. Depois da queda de audiência, Hannibal foi mais uma excelente série cancelada.

7 – The Secret Circle

The Secret Circle foi uma série da CW baseada nos livros de mesmo nome de L. J. Smith, que segue Cassie Blake (Britt Robertson), uma jovem que descobre ter sangue de bruxa e logo se junta a um grupo para aprender mais sobre os seus poderes. O drama sobrenatural logo se tornou a queridinha do público, mas a segunda metade da primeira temporada teve uma queda de audiência e a série acabou sendo cancelada.

Gostava de alguma dessas séries? Qual cancelamento de deixou mais triste? Deixe nos comentários e compartilhe a matéria.

Via Screen Rant