7 séries de TV que as pessoas não cansam de assistir

134

Cerca de duas décadas atrás, as séries de TV não eram nem um pouco populares. Havia grande preconceito do cinema com atores que vinham da telinha. E quem migrava dos filmes para as séries, tinha a carreira considerada morta. O cenário mudou drasticamente com o tempo. Hoje, a televisão tem o mesmo prestígio que o cinema. Ganhar um Emmy hoje é tão importante e gratificante quanto um Oscar. Os atores não têm mais vergonha de migrar e, inclusive, alguns preferem fazer mais séries do que filmes.

Não faltam opções de programas para assistir. Todos os gêneros, para todos os gostos. Apesar disso, muitas pessoas acham difícil começar a acompanhar uma nova história. Por isso, tendem a assistir o que já viram e gostaram, simplesmente porque sim. Enquanto isso, outras revisitam suas séries favoritas por saudade, nostalgia ou mesmo tradição. A seguir, selecionamos algumas das séries de TV que as pessoas não cansam de assistir.

1 – Gilmore Girls (2000)

A história da série é focada no relacionamento entre mãe e filha. Lorelai Gilmore (Lauren Graham) foi mãe na adolescência e criou Rory (Alexis Bledel), sua filha, sozinha. Na adolescência, ela tenta educar Rory da melhor forma possível, ao mesmo tempo que precisa lidar com os próprios problemas. Sendo um deles, o relacionamento conturbado com os pais.

2 – Firefly (2002)

Joss Whedon fez seu caminho até o cinema pela televisão. O cineasta é responsável por diversas séries clássicas no meio nerd. Entre as quais está Firefly, uma espécie de western espacial. A história se passa cinco mil anos no futuro e acompanha os integrantes da nave Serenity, viajando pelas partes desconhecidas da galáxia, topando tudo para sobreviver mais um dia. A série foi cancelada pela Fox com apenas uma temporada. Depois da revolta dos fãs, ela ganhou um filme para finalizar a história. Com o tempo, se tornou aquele clássico cult que merecia mais.

3 – Breaking Bad (2008)

Embora o fim de Breaking Bad ainda esteja recente, a jornada de Walter White (Bryan Cranston) ganhou inúmeros fãs. A história acompanha a metamorfose de um simples professor de química do ensino médio no maio fabricante de metafetamina dos Estados Unidos. O filho adolescente tem necessidades especiais e sua mulher está grávida. Walter entra nessa vida depois de descobrir que está com câncer a fim de deixar dinheiro para eles quando morrer. Ele descobre o quanto é bom no que faz e deixa a ganância corromper sua melhor parte, transformando-se no temível Heisenberg.

4 – Seinfeld (1989)

A sitcom é uma lenda no meio das séries. O programa teve nove temporadas e ficou bastante popular por ser uma série sobre o nada. A história centra em Jerry Seinfeld (que interpretava a si mesmo) e seus amigos Elaine Benes (Julia Louis-Dreyfus), George Costanza (Jason Alexander) e Cosmo Kramer (Michael Richards). Os episódios, no geral, mostraram situações corriqueiras, casos que acontecem no dia a dia, que qualquer pessoa consegue se identificar com as cenas. A série é divertida e, apesar do tempo, se mantém atual.

5 – The Wire (2002)

The Wire sempre aparece nas listas de melhores séries de todos os tempos. Na época, a série teve audiência moderada, mas as pessoas a descobriram com os anos. A série inovou ao apresentar visões multilaterais e a forma como abordava os temas, normalmente explorando a complexidade do ser humano. Cada temporada possui o foco em personagens diferentes, assim como a própria história central, que costuma ser alterada.

6 – Os Simpsons (1989)

Quem nunca reviu alguns episódios da família mais “tradicional” dos Estados Unidos?! Os Simpsons está no ar há 30 anos e mantém sua popularidade por sempre abordar temas atuais, seja qual área for. As constantes referências à cultura pop, ao entretenimento, à ciência, política e ao que mais estiver em alta, é um dos motivos pelos quais as pessoas voltam a ver os episódios.

7 – Friends (1994)

Muito provável que não exista série mais revista no planeta do que Friends. A série chegou ao fim há 14 anos e ainda assim, de acordo com a Netflix, foi o programa mais visto da plataforma em 2018. E não apenas na plataforma. As reprises dos episódios rendem fortunas aos cofres na Warner Bros. todos os anos. Cerca de U$ 1 bilhão em direitos, sendo que cada ator recebe 2% em cima desse valor. Ou seja, além de ser uma das séries mais revistas dos últimos tempos, mesmo depois de anos após o término, Friends ainda se mostra bastante lucrativa.