7 mortes famosas mais constrangedoras

129

size 960 16 9 elvis presley6

A vida das celebridades é quase um verdadeiro livro aberto. Frequentemente, elas são documentadas e registradas por profissionais da mídia, ou pelos próprios fãs. Mesmo que os olhos estivessem sempre voltados para as personalidades, é possível encontrar brechas em suas mortes.

Quando elas estão vivas, os fãs as reverenciam e, no momento de suas mortes, eles têm que encarar o fato de que as celebridades são mortais, como todos nós. E nem todas as mortes das celebridades, foram tão significativas quanto as suas vidas. Algumas delas são bastante desconcertantes. Mostramos algumas aqui.

1 – Elvis Presley

mortes1

Quando falamos de morte, Elvis levanta tantas teorias da conspiração, que várias pessoas acham que ela nunca aconteceu. No dia 16 de agosto de 1977, um atendente da emergência recebeu uma ligação dizendo que alguém na Elvis Presley Boulevard estava com dificuldades de respirar. Quando estavam no caminho, os paramédicos sabiam que estavam indo para a casa de Elvis.

Quando contam sobre a morte de Elvis, as pessoas dizem que ele foi encontrado sentado no vaso sanitário. O que é uma forma bastante constrangedora de morrer. E mais tarde, foi descoberto que o Rei do Rock tinha sofreu um ataque cardíaco, com 42 anos, e que muitos tinham dito que era uma constipação.

Durante as investigações da morte, se descobriu que o médico de Elvis tinha prescrito, para ele, vários analgésicos e sedativos. Mas a autópsia não mostrou nenhum sinal no corpo do cantor. Mas é reconhecido que os remédios, juntamente com o coração já fraco de Elvis, contribuíram para sua morte.

2 – Franz Reichelt

mortes2

A morte constrangedora pode contribuir com a fama de uma pessoa, e até mesmo, virar parte do seu legado. E um desses casos, foi a morte de Franz Reichelt. Ele foi um inventor austríaco-francês, pioneiro no paraquedas. Antes Reichelt era alfaiate, mas, na virada do século XX, ele se apaixonou pelo mundo nascente da aviação.

Em 1910, um paraquedas para grandes altitudes tinha sido inventado. Mas não existia nenhuma invenção para pessoas pulando de baixas altitudes. E Reichelt pegou essa tarefa para si.
Os primeiros testes do traje deixaram Franz Reichelt, com uma perna quebrada. Ele disse que era porque a altura, da qual ele estava pulando, era pouca. Ele convenceu a Polícia de Paris a deixá-lo pular da primeira etapa da Torre Eiffel. No dia 4 de fevereiro de 1912, ele pulou.

Depois de dizer “à bientôt”, que é até breve em francês, ele saltou. O para-quedas dobrou ao seu redor e ele despencou até sua morte. A morte dele foi um espetáculo mundial.

3 – William, o conquistador

mortes3

Nem sempre as celebridades são pessoas amadas. E sua morte pode ser até considerada um karma. O primeiro rei normando da Inglaterra reinou de 1066 até sua morte. E mais constrangedora do que sua morte, foi o que se seguiu depois.

Em síntese, quando ele se tornou governante, ele podia se saciar com as delícias francesas. E sua gula o fez ficar cada vez mais gordo e foi o que levou à sua morte. Em 1087, William foi ferido andando à cavalo. Por causa do tamanho do homem, a sela empurrou seu abdômen e perfurou seu intestino.

Os médicos tentaram salvá-lo, mas o peso fez com que a cirurgia fosse mal sucedida. Geralmente, as pessoas mais próximas do falecido organizam o enterro. Mas como William não era muito querido, seu corpo ficou esquecido em um centro médico.

4 – Draco, o Legislador

mortes4

Aproximadamente por volta de 620 a.C., Draco foi o primeiro legislador registrado em Atenas. Ele instituiu um código escrito, que seria aplicado por um tribunal e impediria que as pessoas criassem leis na hora. As leis de Draco eram bastante rigorosas.

Antes de morrer, por volta de 600 a.C., ele estava discursando para seus apoiadores. E, era um costume na Grécia Antiga, jogar seus chapéus, casacos e capas na pessoa para mostrar sua apreciação. E Draco, surpreendentemente, era bastante querido. Tanto que jogaram muitas roupas nele e ele acabou sufocando-se.

5 – Ésquilo

mortes5

Ele é tido como o pai da tragédia e parecia estar destinado a uma morte dramática. Antes dele, os personagens das peças só interagiam com o coro. Então, ele aumentou os elencos para que mais personagens pudessem interagir.

Ésquilo também fez parte de um culto, chamado Mistérios Eleusinianos. Em suma, este tinha como pena, a morte se informações sobre os ritos ou práticas fossem vazadas. Parece que Ésquilo revelou algumas em suas peças, mas não foi isso que o matou.

Quando ele estava em uma viagem na Sicília, uma águia confundiu sua careca com uma pedra e jogou uma tartaruga, na cabeça de Ésquilo. Foi isso que o matou.

6 – Tennessee Williams

mortes6

Ele é considerado um dos dramaturgos mais importantes do século XX. Quando criança, ele sofreu uma ataque quase fatal de difteria. E isso afetou sua saúde para sempre. No dia 25 de fevereiro de 1983, Tennessee Williams foi encontrado morto, no Hotel Elysée, em Nova York.

A causa da morte foi bastante constrangedora. Ele engasgou com a tampa de um frasco de colírio, que ele usava frequentemente. Ele colocava a tampa entre os dentes, enquanto colocava as gotas em seus olhos. Depois de um tempo, os médicos disseram que, além do azar, drogas também estavam envolvidas.

7 – Allan Pinkerton

mortes7

Em 1842, ele e sua mulher se mudaram para a América do Norte. Ele encontrou um grupo de homens fazendo dinheiro falso e os denunciou para as autoridades. O xerife ficou impressionado e contratou Pinkerton como vigia de falsificadores. Ele teve sucesso no trabalho e acabou se tornando deputado.