8 Maneiras de infidelidade que praticamos sem nem perceber

1110

chamadas-privacidade-celular-traicao-1361482670602_956x500Ter um caso não está de maneira alguma nos seus planos. Nunca vai acontecer. Você ama seu cônjuge e nunca seria infiel. No entanto, você pode não ter consciência de outras maneiras em que está sendo infiel. Se essas ações continuarem, você pode encontrar-se no terreno escorregadio que leva a um caso nunca pretendido e a uma tristeza que você nunca quis em sua vida.

A infidelidade normalmente se infiltra pela porta dos fundos, disfarçando-se como uma diversão inofensiva ou comportamento inocente. Se você quer que seu casamento dure e seja cheio de felicidade você precisa verificar esta lista para ver se já foi vítima de algum desses comportamentos infiéis.

1. Flertar

Ter um pouco de diversão lúdica no escritório com um colega de trabalho não pode ser tão grave, você racionaliza. Afinal de contas, paquerar é divertido. Evite-o como uma praga. É perigoso. Se alguém flertar com você, ignore. O que se enquadra na categoria de flertar? Aqui está uma explicação do que é flertar. “[O colega] geralmente é envolvente ao falar e se comporta de uma maneira que sugere uma intimidade levemente maior do que a relação real entre as partes justificaria, ainda que dentro das regras de etiqueta social, que geralmente desaprova uma expressão direta do interesse sexual. Isto pode ser feito através de inserir à comunicação um senso de diversão ou ironia… A linguagem corporal pode incluir mexer no cabelo, contato visual, tocar rapidamente, etc. ”

As pessoas casadas nunca devem se envolver nesse tipo de comportamento com alguém que não seja seu cônjuge. É uma forma real de infidelidade que não leva a nada de bom. A pessoa com quem você está flertando pode entender como um convite e tentar um relacionamento que você nunca teve a intenção de iniciar.

  • 2. Confidências com o sexo oposto

    Quando você confidencia seus problemas a alguém do sexo oposto, está se colocando em uma posição vulnerável. Pode parecer inofensivo. Afinal, você só precisava de um ombro para chorar. Se você tem um problema, fale sobre isso com o seu cônjuge. Esse é o seu melhor ombro para chorar. Sempre. Se isso não for possível para você, tente um parente, sacerdote, ou um terapeuta de confiança. Não alguém que possa considerar isso um convite para a intimidade. Mesmo se não começa dessa forma, muitas vezes termina assim. É uma forma de infidelidade.

  • 3. Passar tempo a sós com alguém

    O que parece ser um almoço inocente com alguém do sexo oposto ou um bate-papo na casa desse alguém sem o seu cônjuge está definitivamente na categoria de comportamento infiel. Você ou a outra pessoa pode dizer: “Ei, nós dois somos adultos. Nada vai acontecer.” Bem, as coisas acontecem. Não é apropriado. Vá para casa e passe esse tempo com seu cônjuge.

  • 4. Falar negativamente sobre o seu companheiro

    Quando você é um amigo verdadeiro de alguém, você nunca diz coisas ruins sobre ele para os outros. Seu companheiro é seu melhor amigo e é a última pessoa sobre quem você deve falar negativamente. Se você tem um problema com o seu amado/amada, converse sobre isso com ele ou ela. Deixe suas conversas com os outros se concentrar nas coisas boas sobre o seu cônjuge. Isso é ser fiel.

  • 5. Conversa na Internet com alguém do sexo oposto

    Se você acha que isso é inofensivo, pense novamente. Pode começar assim, mas definitivamente não vai acabar assim. Alguns se envolveram através de uma inocente conversa com um ex-namorado ou namorada do colegial ou da época da faculdade, ou até mesmo um estranho. Uma coisa pode levar a outra e antes que você perceba, seu casamento está em perigo. Não faça isso. Só vai terminar em tristeza e desgosto para sua família.

  • 6. Vestir-se para atrair a atenção de alguém que não seja seu cônjuge

    Se você se veste para parecer bem aos olhos de outra pessoa, você precisa reavaliar seus motivos. Tentar atrair alguém vestindo uma roupa sexy é mais uma forma de saltar para as águas da infidelidade.

  • 7. Escrever bilhetes íntimos ou cartas pessoais a outra pessoa

    Se você estiver escrevendo uma carta de condolências ou parabéns, ou outros bons votos, que sejam de você e seu cônjuge. Então não haverá nenhum mal-entendido sobre suas intenções.

  • 8. Não ser para seu cônjuge um parceiro sexual bem disposto

    Ser fiel ao seu cônjuge significa dar-se mais para que ele ou ela possa desfrutar o lado íntimo do casamento. Ao negar a intimidade sexual ao seu cônjuge, você não está fazendo a sua parte em manter seu casamento forte e gratificante. É uma atitude que cria tristeza e até mesmo suspeita. Ser um cônjuge fiel significa fazer sua parte para tornar seu casamento um belo relacionamento em todos os aspectos.