7 dicas que você encontra na internet que podem arruinar sua vida

224

Hoje em dia, a internet se tornou um poço sem fundo de dicas. Você pode encontrar receitas culinárias duvidosas, dicas de como entrar em forma em tempo recorde, com métodos bastante peculiares, e até diagnósticos de problemas de saúde. É claro que tudo isso tem os seus riscos, até mesmo porque a maioria deles conta com zero supervisão médica ou científica. No entanto, isso não parece ser um empecilho para algumas pessoas, que seguindo a moda das blogueirinhas se arriscam em busca de resultados muitas vezes inalcançáveis.

Dicas reais e comprovadas como “Faça as pazes com a academia, e vá malhar três vezes por semana” acabam sendo ofuscadas por modas estúpidas como “Perder peso injetando veneno de cobra no seu corpo”. A lista de hoje é praticamente um “não faça isso em casa”, e, diga-se de passagem, não fazem mesmo! Em nenhuma hipótese, a não ser que você queira algum dia ter a sua foto em algum meme no Facebook ou até em coisas piores.

1 – Os chás de desintoxicação são terríveis para a sua saúde

Nem só de likes vivem as personalidades do Instagram, então elas passaram a endeusar produtos. Isso até poderia ser bom se os produtos não fossem prejudiciais à saúde, como é o caso dos chás desintoxicantes. É um plano de saúde perfeito para pessoas que esqueceram que têm fígado e rins. Muitas vezes iludidos com a tentativa sutil das marcas em conectar os chás desintoxicantes à saúde e boa forma física, muitas pessoas aderem ao método.

Independentemente da marca, todas as opções oferecem o mesmo: o chá é natural, é saudável, então é saudável desintoxicar o corpo e perder peso. E de fato esses chás ajudam a perder peso, mas isso é porque eles são laxantes disfarçados. É aconselhado que as pessoas não usem laxantes por mais de duas semanas, e ao fazê-lo, que seja apenas para lidar com a constipação. Contudo, esses chás apresentam um “plano” de 28 dias. Isso pode causar diarreia, cãibras severas, desidratação e interrupção do ciclo menstrual. Inclusive, houve até relatos de uma gravidez inesperada porque o chá atrapalha a eficácia das pílulas anticoncepcionais.

E se você vier a perder peso depois do uso desses chás, não é porque você está perdendo gordura, mas sim porque está perdendo muito líquido. E as pessoas estão gastando pequenas fortunas investindo nesse tipo de chá. Até que é compreensível, porque esses produtos são apresentando por pessoas felizes e magras, logo, quem pode culpar as pessoas por se interessarem, não é mesmo? Porém tenha cuidado com esse tipo de chá, e não se engane.

2 – Não tente aumentar os seus lábios com uma garrafa

Se você está constantemente navegando nas redes sociais, muito provavelmente, já ouviu falar do “Desafio Kyllie Jenner” que virou febre em 2015. O desafio consistia em fazer os seus lábios parecerem mais grossos do que realmente são, usando um copo ou garrafa para fazer uma pressão. Os resultados, no entanto, não foram os mais agradáveis.

Ao colocar a boca na garrafa e puxar, isso cria uma pressão negativa e enche os vasos sanguíneos. Isso cria um inchaço definitivamente nada sexy, e que pode quebrar os vasos e produzir hematomas. Se você puxar o ar por cerca de 30 segundo, o efeito é menor, porém, se a sucção durar mais de um minuto, você pode sofrer descoloração da boca por alguns dias ou semanas, e até mesmo danos a longo prazo na forma de pigmentação dos lábios e cicatrizes. E não importa o quão bem feito seja o desafio, você não vai ficar se parecendo com a Kylie.

3 – Máscara de carvão irritam a sua pele

A grande maioria dos cremes e máscaras faciais são facilmente removidos com água. Mas as máscaras à base de carvão não saem da sua pele tão fácil, e você vai ter um trabalhão para retirar ela toda do seu rosto, sem contar que possivelmente vai doer.

De fato, ela cumpre o que promete, o carvão em contato com o seu rosto vai remover a sujeira, cravos e outros resíduos, mas a qual preço? Isso mesmo, além de tirar todas as impurezas da pele, o carvão vai tirando uma camada da pele e cabelos protetores, deixando a pele mais vulnerável à irritação, descoloração, hipopigmentação, poros permanentemente ampliados e cicatrizes. Mesmo com os slogans motivacionais do Instagram, não se iluda que a dor é porque você está fazendo o procedimento correto, nesse caso o “no pain, no gain”, não se aplica, você apenas está fazendo errado. Algumas pessoas até se queixaram de terem tido queimaduras químicas.

4 – Queimar o seu cabelo vai danificá-lo

As pontas duplas podem ter um pesadelo para as mulheres, e qual seria a melhor opção para acabar definitivamente com as pontas duplas do que queimá-las, não é mesmo? Esta tem sido uma tática de cuidados com cabelos no Brasil, desde os anos 1960. Quando feito de forma correta, envolve usar uma vela acesa para queimar as pontas duplas que se destacam, supostamente melhorando a aparência do cabelo sem interferir no comprimento.

Mas a moda se espalhou graças à uma conta no Instagram de uma modelo, e as pessoas estão aderindo à prática, mas não da forma correta. Elas não estão procurando por profissionais especializados, ao invés disso, estão economizando grana e tempo, usando seus isqueiros e fazendo o processo em casa mesmo. Esse tratamento enfraquece o seu cabelo, desbota a coloração e provavelmente cria tantas extremidades quanto remove. Sem contar que o corpo humano não se beneficia da exposição direta ao fogo. Talvez um shampoo contra as pontas duplas seja mais aconselhável.

5 – O “Vaping Vitamina” faz mal para os pulmões

Isso mesmo, o “Vaping vitamina”, ingerir vitamina por meio de um cigarro eletrônico, pode parecer totalmente insano, mas isso é um produto real, e têm muitas empresas investindo nesse mercado. Algumas delas até oferecem a capacidade duvidosa de inalação de todos os tipos de vitaminas por meio de dispositivos e até mesmo de óleos essenciais, mas a maioria se concentra na vitamina B12.

Esse produto é baseado em vários equívocos, um deles é que o B12 é uma mágica cura para tudo. Assim, como o vaping está na moda, uniu o inútil ao desagradável. A vitamina B12 é importante, mas, a menos que você seja uma pessoa idosa, tenha uma doença rara ou seja vegano, você com certeza está recebendo o suficiente com leite, carne e ovos. Por que pagar cerca de US$ 45 em três pacotes de “fumaça de vitamina B12 com sabor cítrico” quando você poderia comprar um frasco de comprimidos de vitamina por US$10?

Hoje, existe um enorme mercado para produtos vaping, e ter mulheres bonitas e descoladas estampando os anúncios facilita a publicidade de um produto saudável. Acontece, que a ciência sobre vaping ainda é muito vaga, e não sabemos todos os efeitos que causam aos seus pulmões a longo prazo.

6 – Limpeza de pele usando cola

Já sabemos a função da cola, e definitivamente, não é para ser usada como máscara fácil. No entanto isso não impediu uma jovem de usá-la para isso. Na tentativa de ter uma pele limpa e sem cravos como a da cantora Beyoncé, a moça acabou pagando um preço alto. De fato, ela ficou com uma pele lisinha, porém isso lhe custou as sobrancelhas.

7 – Misturar maquiagem no celular

Se você está ligado nas tendências de maquiagem do Instagram, provavelmente, já se deparou com alguma blogueira misturando base na parte traseira de smarthphones. Pode até ser uma moda entre os jovens, porém não é uma dica muito higiênica. Os celulares são um dos objetos mais sujos que usamos diariamente. E colocar cosméticos em contato com tantas bactérias e depois aplica-los na pele, não é uma boa, e pode resultar em infecções de pele, devido ao rosto ser muito sensível. Se for o caso e você quiser lacrar no seu tutorial de maquiagem, ao menos higienize o celular antes de misturar as bases e corretivos.