SUPOSTO ”CRÂNIO ALIENÍGENA” É APRESENTADO POR ESCRITOR E GERA CONTROVÉRSIAS

34

Em um seminário realizado em Pequim, na China, no mês passado, o autor e pesquisador de ficção científica, Li Jianmin, revelou a descoberta de um bizarro crânio que, supostamente, seria de um alienígena. O objeto teria cerca de 16 centímetros de diâmetro e, segundo o pesquisador, teria duas camadas distintas.

Jianmin, de 55 anos, conta que o crânio pertence a um colecionador particular deste tipo de resquício e que teria comprado de um vendedor ambulante na Região Autônoma da Mongólia Interior. O colecionador teria entrado em contato com o pesquisador após ler um de seus romances e perceber semelhanças do objeto com uma ilustração.

O crânio do ET

“Ele me pediu para confirmar suas origens”, contou Li. Cerca de 103 páginas foram escritas em quatro meses por Jianmin após tal conversa, para sustentar as alegações de que o crânio é real. Segundo o autor, um exame de espectroscopia Raman e um microscópio de força atômica foram utilizados para comparar o crânio com outros que, supostamente, também seriam de alienígenas, mas que foram descobertos em outros países.

No entanto, o pesquisador precisaria de mais recursos para seguir adiante com a pesquisa. Muitas pessoas têm feito piadas e ridicularizado o chinês nas redes sociais. Porém, Jianmin está convencido de que o crânio é real. “Eu recebo bem as pessoas quando fazem perguntas ou são céticas, mas, caso você decida me desafiar é melhor ter provas”, disse ele.

Está não é a primeira vez que uma descoberta “alienígena” causa tamanho frisson entre os pesquisadores e entre as pessoas. Em 2003, um esqueleto, que possuía um crânio alongado e com rosto e mandíbula subdesenvolvidos, foi encontrado no deserto do Atacama. Surgiram especulações de todos os tipos, incluindo de que o tal crânio pertencesse a alienígenas. Mais tarde, os pesquisadores concluíram que o esqueleto pertencia a um humano.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

FATOS DESCONHECIDOS

COMPARTILHAR