SAIBA QUAIS ALIMENTOS SÃO CAPAZES DE MELHORAR SUA SAÚDE MENTAL

79

Não é novidade que uma alimentação saudável é a chave para uma boa saúde, mas nem sempre fazemos a relação entre comer bem e ter uma boa saúde mental, não é mesmo? Felizmente, este estudo divulgado há poucos dias nos mostra que há provas de que alimentos naturais nos deixam mais de bem com a vida e diminuem as chances de desenvolvermos depressão.

Sabe a dieta mediterrânea, baseada no consumo de vegetais, frutas, peixes e castanhas? De acordo com uma análise de 41 estudos sobre ela, indivíduos que consomem esses alimentos têm 33% a menos de chances de desenvolver depressão ao longo da vida em comparação com pessoas que consomem muita carne processada e gorduras trans.

Em outra pesquisa, agora da The American Academy of Neurology, 964 participantes foram avaliados ao longo de seis anos e meio. Os resultados revelaram que aqueles que tinham uma dieta mais rica em alimentos naturais foram os que tinham também menos chances de desenvolver depressão em relação às pessoas que consumiam mais alimentos ricos em gordura e processados.

Um dos autores do estudo, Dr. Laurel Cherian, disse, em declaração publicada no Mother Nature Network, que as pessoas devem preferir fazer mudanças em seus hábitos alimentares a tomar medicamentos. Ainda assim, os dois estudos deixam claro que a relação entre alimentação saudável e baixos índices de depressão é uma associação ainda sem evidências claras. É óbvio, também, que pessoas com depressão precisam tomar medicamentos muitas vezes, a questão aqui se trata em aconselhar uma boa alimentação para diminuir as chances de desenvolver a doença.

Em abril deste ano, um estudo relacionou o consumo de frutas e vegetais crus a baixos índices de depressão. Neste caso, 422 pessoas participaram de uma pesquisa que descobriu que o consumo de alimentos naturais crus tem relação com baixos casos de depressão e maior sensação de satisfação e positividade.

A pesquisa chegou até a citar quais elementos fazem mais bem à saúde mental: cenoura, banana, maçã, folhas verdes escuras, alface, frutas cítricas, uva, morango, framboesa, pepino e kiwi.

“Aumentar o consumo de frutas e vegetais foi um preditivo do aumento da felicidade, da satisfação com a vida e do bem-estar”, relataram os autores de uma pesquisa australiana feita em 2016. De acordo com eles, o consumo de oito porções desses alimentos ao dia tem um considerável ganho psicológico, e que melhoras significativas de vida acontecem depois de 24 meses de uma alimentação saudável.

Para que você se programe, entenda que uma porção de vegetais corresponde a 75 gramas e que uma porção de frutas é equivalente a 150 gramas, mais ou menos (uma maçã média, uma banana, uma laranja).

Para quem não tem o costume de consumir alimentos naturais, a medida de oito porções pode parecer demais, mas pense que cada porção substitui facilmente um alimento processado, com açúcar ou embutido. Aos poucos, você vai perceber que consumir esses alimentos é mais fácil do que você imagina e que, além de tudo, eles são capazes de fazer muito pela sua saúde.

MegaCurioso

COMPARTILHAR