Preso com arma, ex-Polegar Rafael Ilha é transferido para penitenciária em Foz do Iguaçu

32

233286-970x600-1Rafael Ilha foi transferido para a Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu, no Paraná, na manhã desta terça-feira, 22.

O ex integrante do grupo Polegar foi preso nesta segunda, 21, com uma arma calibre 12, 50 munições do mesmo calibre e um aparelho de choque na divisa com o Paraguai. Ele estava acompanhado da mulher, que não teve a identidade revelada.

“Ele foi transferido agora de manhã para a Penitenciária Estadual. A mulher que estava com ele e que tem um relacionamento de união estável com o Rafael, será transferida daqui a pouco para a cadeia pública Laudemir Neves.

Não se sabe quanto tempo eles ficarão presos porque depende da decisão do juiz, que é quem homologa as prisões em flagrante. Dependerá também da ação do advogado dos dois”, disse a assessoria da Polícia Federal em conversa com o EGO.

Ainda segundo a assessoria, a ação da Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal, aconteceu na aduana da Ponte Internacional da Amizade. Policiais federais e servidores da Receita Federal abordaram a mulher de Rafael, de 31 anos, que tinha acabado de descer de um mototáxi. Ela carregava algumas sacolas com mercadorias, entre elas, uma arma calibre 12, munições e um aparelho de choque. Rafael estava em outro mototáxi e se apresentou como o proprietário da arma. Os dois foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu e podem ser indiciados pelo crime de tráfico internacional de armas.

Histórico conturbado
Famoso pelo sucesso do grupo Polegar, na década de 1980, Rafael Ilha, 41 anos, tem um histórico complicado. Ele teve problemas com dependência química e foi internado várias vezes. Além disso, Rafel já teve problemas na justiça. O cantor foi preso por tentativa de roubo e porte de drogas. (COM INFORMAÇÕES DO EGO)

VEJA TAMBÉM

COMPARTILHAR