Por que os peixes não são eletrocutados quando um raio cai no mar?

308

Durante uma tempestade alguns raiosrelâmpagos trovões podem ser formados e, em alguns casos, eles podem chegar a causar grande destruição ao atingirem locais e pessoas. Você provavelmente já viu algum caso nos noticiários de pessoas que são atingidas por raios e que sofrem danos devido ao ataque. E, além disso, durante uma forte tempestade as pessoas são aconselhadas a saírem da água. O motivo para isso é que a água conduz muita eletricidade e você pode acabar sendo eletrocutado caso seja atingido por algum raio.

Mas, se você parar para pensar no assunto, alguns questionamentos a respeito dele podem surgir. Afinal, raios caem sobre a terra constantemente e uma pessoa pode ser eletrocutada gravemente se estiver na água quando for atingida, isso todos já devem saber. Mas, se esse é o caso, porque os animais marinhos, como os peixes, não são eletrocutados da mesma forma? Bom, existem dois motivos principais para que isso não aconteça e iremos tratar deles agora.

Os raios atingem a água?

Em primeiro lugar, por mais que os raios atinjam a superfície da terra frequentemente, isso não é tão comum sobre a água. Isso raramente acontece porque, de acordo como o NASA, a terra absorve mais luz solar e, consequentemente, se aquece mais rápido. Essas circunstâncias são mais atrativas para a formação de trovões relâmpagos, já que causam mais instabilidade na atmosfera. De acordo com uma publicação feita pelo Journal of Geophysical Research os raios atingem a terra 10 vezes mais do que o oceano. Os dados que permitiram chegar nesse resultado foram obtidos por meio da análise de dois satélites meteorológicos durante 5 anos.

Quando a água é atingida os peixes são eletrocutados?

Não, mesmo que o oceano venha a ser atingido por um raio, os peixes e outrosanimais marinhos não serão eletrocutados. O motivo para que isso não aconteça é que, caso ele venha a atingi-lo, mesmo que isso não seja muito comum, somente a superfície que receberá a carga elétrica. A água é um ótimo condutor de eletricidade mas, na verdade, isso faz com que a corrente elétrica percorra a superfície do oceano, sem que ela chegue a adentrá-lo. E, já que os peixes e a maioria dos outros animais marinhos passam a maior parte do tempo embaixo da água, eles acabam não sendo realmente atingidos.

O fato curioso mostra como nem sempre as coisas são como imaginamos. O que acharam? Já sabiam disso?

COMPARTILHAR