Por que as mulheres sentem mais frio que os homens

19

É quase senso comum que mulheres sentem mais frio do que os homens. Todas as evidências podem ser encontradas no dia a dia. Um exemplo é a água quente em que as mulheres tomam banho, e os homens sempre reclamam. Outra pista é quando elas roubam o cobertor quase por inteiro na hora de dormir. Por isso, há muito tempo, as mulheres vêm sendo taxadas como friorentas.

Será que as mulheres sentem mais frio?

A resposta é sim, as mulheres sentem mais frio. “Quando você observa o homem médio e a mulher média, as mulheres realmente sentem mais frio. Há vários receptores pelo nosso corpo que respondem ao calor e ao frio”, diz a fisiologista, Clare Eglin.

“Os mais sensíveis estão localizados em nossa pele. Se você medir as temperaturas internas do homem e da mulher, verá que são parecidas. Mas são as diferenças na temperatura da pele, especialmente nas mãos e nos pés, que realmente explicam o nosso grau de conforto com o ambiente que nos cerca”, acrescenta.

Por quê?

Eglin explica que em ambientes frios, as mulheres apresentam maior vasoconstrição. “Ou seja, suas veias se estreitam para reduzir o fluxo de sangue e evitar a perda de calor. Então, as mulheres tendem a ter mãos mais frias e pés mais frios”, conta. “Portanto, para ter o mesmo nível de conforto, precisam de um ambiente ligeiramente mais quente”, acrescenta.

Fatores como hormônios e gordura corporal também afetam o fato de as mulheres sentirem mais frio. Mas por que os homens não apresentam tanta vasoconstrição quanto elas? “Porque os homens são normalmente maiores, têm maior massa muscular. Eles produzem mais calor e, assim, não precisam reduzir o fluxo de sangue à pele para manter sua temperatura interna”, diz Eglin.

E aí, o que achou dessa descoberta? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. E para você que leu isso bebendo seu chá quente para espantar o frio, aquele abraço.

COMPARTILHAR