OS VINGADORES DESMEMBRAM O HULK EM NOVA HISTÓRIA

34

Quando falamos sobre fator de cura, o último personagem que vem em mente é Hulk. Num universo onde temos Wolverine e Deadpool, outros nomes são mais resistentes em emergir. O curioso é que, embora a cura acelerada seja uma habilidade presente em vários heróis e vilões dos quadrinhos, a regeneração, por sua vez, tem uma lista mais reduzida. Por incrível que pareça, o Gigante Esmeralda é um dos personagens com esse poder. Hulk é capaz tanto de curar seus ferimentos como de regenerar seus membros e órgãos.

Em The Incredible Hulk #358, vemos o quanto sua habilidade de regeneração é poderosa. Ele teve seu corpo inteiro queimado e levou apenas uns três minutos para fazer sua epiderme voltar ao nascer de novo. Ou seja, se derrotar o Hulk já era uma tarefa complicada por si só, ela se torna ainda mais difícil com seu auxílio regenerativo. Mesmo assim, no último volume de The Immortal Hulk, os heróis encontraram um jeito de deter o Gigante Esmeralda.

Em pedaços

Em The Immortal Hulk #7, os Vingadores confrontam um Hulk bastante alterado. O herói foi possuído pela entidade de Brian Banner, o pai abusivo de Bruce. Durante o encontro entre eles, Thor percebe a diferença no Gigante. Ele estava muito mais forte do que costumava ser. Foi necessário uma arma com o poder destrutivo semelhante a uma bomba nuclear para que a equipe conseguisse deter Hulk. Entretanto, Homem de Ferro notou que isso era temporário. Se eles quisessem detê-lo de uma vez, precisariam tomar outra atitude.

Sem muitas opções no horizonte, os Vingadores decidem levar o corpo de Hulk atéThunderbolt Ross, o Hulk Vermelho. Então, ele propõe o único procedimento capaz de impedir a sua regeneração: desmembrá-lo. Foi assim que Hulk acabou em pedaços, com seus membros guardados e conservados dentro de vidros. Embora seja um ato desesperador, funcionou. Resta saber como os heróis planejam recuperar o amigo de volta.

COMPARTILHAR