O que aconteceria com a Terra se a Lua fosse destruída?

442


Vocês já pararam para pensar no que aconteceria se a Lua fosse destruída? Nós já escrevemos uma matéria mostrando para vocês o que aconteceria se o Sol deixasse de existir, e hoje nós vamos contar para vocês o que iria acontecer se a Lua desaparecesse. Bom, para começar, dificilmente a lua poderia ser destruída, mesmo com a colisão de um asteroide, isso abriria apenas uma cratera em sua superfície.

Segundo Rubens Machado, doutor em astronomia pela Universidade de São Paulo, todos os corpos celestes presentes no Cinturão de Asteroides, região localizada entre as órbitas de Marte e Júpiter, equivalem a apenas 4% da massa da Lua, concluindo então que seria quase impossível um asteroide destruir a Lua. A não ser que alguém colocasse pelo menos 30 trilhões de megatons de TNT, aí sim a Lua poderia explodir facilmente.

Mas vamos imaginar que um extraterrestre quis nos sacanear e mandou um raio destruidor de luas e simplesmente acabou com a nossa Lua, e aí, o que seria da Terra? Infelizmente os danos a Terra seriam grandes, muito grandes. “Parte da enorme quantidade de fragmentos rochosos provavelmente cairia na direção do planeta, devastando cidades e países inteiros ou gerando tsunamis ao cair nos oceanos”, afirma Rubens Machado.

Quem fosse capaz de sobreviver a esses fragmentos, teria com uma bela vista ao olhar para o céu, pois as partes da Lua poderiam se acomodar em órbita ao redor do nosso planeta, fazendo algo semelhante ao anel de Saturno. “Ele seria visto como um arco brilhante no céu noturno e possivelmente visível de dia, por refletir a luz solar”, afirma Rubens Machado.

A Terra receberia várias alterações, algumas fáceis de serem percebidas, outras nem tanto. As marés altas, por exemplo, perderiam cerca de 70% da intensidade atual, e a periodicidade principal das marés passaria das 12 h 25 m para cerca de 12 h. Essa variação iria afetar determinadas formas de vida que se desenvolve associada a marés. Em outra escala, que não afetaria as pessoas de forma muito sensível, haveria modificações nos movimentos de rotação e de translação da Terra, já que certas perturbações gravitacionais atribuídas à Lua deixariam de existir.

Vocês sabem que o único satélite natural da Terra é a Lua? Pois é, a destruição do mesmo também afetaria as marés terrestres. Elas fazem com que grandes placas da crosta terrestre subam de desçam, boiando sobre o magma (matéria pastosa do interior da Terra). Esse acontecimento é bem parecido com os navios que boiam nos mares, subindo e descendo de acordo com a variação das marés.

Movimentos assim (de deformação da matéria), provocam atritos que ajudam a manter aquecido o interior do planeta, e se a Lua fosse destruída, essas deformações diminuiriam bastante, acelerando o processo de resfriamento no interior da Terra. Além de todas essas “tragédias”, sabe-se que a Lua é responsável por cerca de um octogésimo de massa do sistema Terra-Lua, e a perda da Lua poderia afetar diretamente a órbita, rotação e oscilação da Terra.

Pelo visto, caros leitores, nossa vida não seria muito interessante se a Terra não tivesse a Lua, seria como queijo sem goiabada ou Piu piu sem Frajola. Então, toda vez que você olhar para a majestosa Lua, lembre-se que sem ela a nossa vida poderia ser bem diferente.

E aí, já tinham parado para imaginar o que aconteceria com a Terra se não tivesse a Lua? Comentem!

FONTE(S) Space Answers, Revista Galileu, Galileu

COMPARTILHAR