“O máximo que já compartilhei em anos”, diz Corey Taylor sobre novas músicas

23

Em uma entrevista à Loudwire, nesta semana, o frontman do Slipknot, Corey Taylor, aumentou as expectativas dos fãs sobre o tão esperado novo álbum, explicando um pouco mais sobre o desenvolvimento das músicas e sobre algumas das letras, que, de acordo com ele, são as melhores até o momento.

“O últimos anos têm sido pesados para mim pessoalmente”, disse. “Então estou trabalhando em algumas coisas, para mim mesmo, o que tem sido ótimo. Eu pude pegar um pouco da depressão com a qual eu tenho lutado e elaborar a maneira como quero descrevê-la”, contou Corey. “Então, algumas dessas letras, para mim, são umas das melhores que já escrevi. É provavelmente o máximo que já compartilhei em anos.”

A banda, que não lança nada desde o álbum “5: The Gray Chapter” de 2014, publicou uma foto em sua na rede social, em abril, de Corey e Shawn “The Clown” Crahan juntos, com a legenda “2019”, possivelmente indicando que o sexto disco será lançado no próximo ano.

Segundo o vocalista, o material resgatará muito do sentimento de início da carreira: “Ouvir alguns do caras do Slipknot ler e reagir a algumas das letras que tenho escrito tem sido fantástico. Eu sei que o Clown estava, tipo, fascinado pelo quanto sincero e cru tudo isso parecia. Parecia como os velhos tempos. Parecia o começo, quando… éramos as feridas e os fãs eram as cicatrizes. Tentando chegar a cura, e todos nós tentávamos nos curar juntos. É isso que parece”.

COMPARTILHAR