NOVO ESTUDO: NÃO EXISTEM FRUTAS E VEGETAIS O SUFICIENTE PARA COMERMOS BEM

20

Todo mundo sabe que o segredo para uma vida saudável está no equilíbrio entre hábitos saudáveis de vida, prática de atividades físicas e, claro, uma alimentação rica em nutrientes e baixa em açúcares, gorduras e afins.

Um estudo recente, no entanto, trouxe à tona uma informação que vai fazer seu cérebro bugar um pouco: nós não temos acesso a frutas e vegetais o suficiente para que todos tenham uma alimentação saudável!

Publicada no jornal PLOS One, a pesquisa trouxe informações importantes sobre a produção agrícola do planeta e as previsões para o ano de 2050, tendo como base as recomendações nutricionais de uma dieta saudável e equilibrada.

De acordo com um dos autores do estudo, professor Evan Fraser, da Universidade de Guelph, é simplesmente impossível que a humanidade consiga suprir a necessidade de produção desses alimentos se continuar sua produção agrícola do jeito que está hoje.

Fraser explicou que estamos produzindo alguns itens em excesso, como grãos, gorduras e açúcares, mas que a produção de frutas e vegetais já não é o suficiente para suprir as necessidades da população mundial atual.

A pesquisa

Ao que tudo indica, a tendência do consumo de carboidratos nos países desenvolvidos pode ter relação com esses dados, até mesmo porque a ingestão desses itens é alta e eles são fáceis de produzir. São países que investem menos dinheiro na produção de frutas e vegetais, portanto.

Além do mais, itens como gordura, açúcar e sal são conhecidos por deixarem os alimentos mais saborosos, e é por isso que esse tipo de comida processada e industrializada vem sendo produzida em larga escala.

O ideal aqui é que haja uma redução no consumo de carne e maior ingestão de outros itens proteicos, de preferência vegetais, que precisam ser mais cultivados. Se nada disso mudar até 2050, é possível que a humanidade se depare com uma situação na qual precisará de 12 milhões de hectares de terra para plantio e de 1 bilhão de hectares de terra para suprir a demanda de carne. Acredite: isso é muita coisa.

MegaCurioso*

COMPARTILHAR