“Novela Pedra sobre Pedra” será substituta de “A Viagem” no canal Viva

47

Hoje um dos 10 canais mais vistos da TV por assinatura brasileira, o Viva definiu a sua próxima novela que será reprisada na faixa da tarde.

Segundo confirmado pela sua assessoria de imprensa, a emissora reprisará a novela “Pedra sobre Pedra”, escrita por Aguinaldo Silva, Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn, e exibida entre 6 de janeiro e 31 de julho de 1992 no horário das 20h.

A novela irá substituir a reprise de “A Viagem”, que tem marcado altos índices para o canal da Globosat, que chega a ser líder isolado de audiência em toda a TV paga.
A trama conta com Renata Sorrah, Lima Duarte, Adriana Esteves, Maurício Mattar, Andréa Beltrão, Eloísa Mafalda, Eva Wilma, Armando Bógus e Fábio Jr. nos papéis centrais.

Esta será a segunda reprise de “Pedra sobre Pedra”, que já foi reexibida em 1995 pela Globo, na sessão “Vale a Pena Ver de Novo”. A novela entrará no ar a partir da segunda quinzena de janeiro de 2015.

Sinopse

A pequena cidade de Resplendor, localizada no sertão nordestino, era o palco das disputas políticas entre os Pontes e os Batista. Murilo Pontes (Lima Duarte) ia se casar com a jovem Pilar Farias (Renata Sorrah), por quem Jerônimo (Felipe Camargo), o herdeiro dos Batista, também era apaixonado. No dia do casamento de Murilo e Pilar, a noiva diz não em pleno altar, por desconfiar de que o rapaz fosse o pai da criança que Eliane (Luciana Braga), sua melhor amiga, estava esperando. Desejando vingança, Pilar se casa com Jerônimo, inimigo de Murilo, enquanto este se casa com Hilda (Eva Wilma), uma jovem que sempre o amara. Dessa união nasce Leonardo (Maurício Mattar), e Murilo vai seguir carreira política em Brasília, enquanto Pilar tem uma filha, Marina, e fica viúva. A filha de Eliane nasce, mas a mãe morre no parto e Pilar assume a educação da menina, dando-lhe o nome da mãe, Eliane (Carla Marins).

Vinte e cinco anos se passam, Murilo está de volta a Resplendor e reencontra Pilar querendo fazer de sua filha, Marina, a prefeita da cidade, destino que ele reservara para seu filho, Leonardo. Mas os dois não contam que seus filhos, ao se conhecerem, se apaixonam e têm que esconder esse amor por causa da rivalidade entre seus pais, rivalidade essa que oculta um amor mal resolvido.

Mas os Pontes e os Batista terão na briga pelo comando de Resplendor um adversário perigoso:Cândido Alegria (Armando Bógus), um homem que enriqueceu roubando e matando o amigo português Benvindo Soares (Buza Ferraz), e que nutre uma paixão por Pilar Batista. Para conseguir o que quer – a prefeitura de Resplendor e o coração de Pilar – Cândido Alegria conta com a ajuda da ambiciosa Eliane, a agregada da família Batista, que nem desconfia de que ele é o seu pai biológico. A trama também conta a história de Jorge Tadeu (Fábio Jr), fotógrafo misterioso que vive de seduzir as mulheres de Resplendor.

VEJA TAMBÉM

COMPARTILHAR