Idosa reage a tentativa de assalto e mata ladrão no RS

103

padariaUma idosa de 77 anos sacou um revólver calibre 38 e matou um homem que já havia roubado, ao menos outra vez, a Padaria da Vovó, da qual é a dona. O caso aconteceu na noite deste sábado, por volta das 21h30m, quando ela foi surpreendida pelo criminoso, que anunciou o assalto ao estabelecimento, no bairro Navegantes, a 200 quilômetros de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Nervosa e vítima de constantes assaltos no local, ela deu dois tiros no homem e, logo em seguida, entrou em estado de choque.

Segundo uma neta, que preferiu não se identificar, o mesmo criminoso esteve na Padaria da Vovó há dois dias, quando “roubou, estourou um rojão lá dentro e ameaçou voltar e matar” sua avó. A neta trabalha com a mãe na Padaria Três Irmãs, que fica na mesma rua da padaria da idosa, e ouviu tudo.
– Ouvimos o primeiro disparo e, logo em seguida, o segundo. Mas pensamos que era uma caixa caindo no chão da padaria da minha avó. Foram os clientes da nossa padaria que nos alertaram e pediram para socorrê-la. Corremos para lá e a encontramos em choque. Não dizia coisa com coisa – relatou a neta.

A idosa, que tem problemas cardíacos, foi levada para o hospital Santa Casa de Misericórdia, no mesmo município, e depois liberada. Mas ainda está em choque na casa das netas. Viúva, ela tem quatro filhos e nove netos.
Ao jornal “Zero Hora”, a delegada de Canguçu, Paula Garcia, informou que dois tiros foram disparos quando o jovem tentava se aproximar do caixa da Padaria da Vovó. Jhonatan Silveira Ferreira, de 24 anos, morreu no local com um tiro no pescoço e outro no braço, de raspão.
Neste domingo, o EXTRA conversou com o inspetor Renato Barreto. Ele está na padaria com a delegada Paula. O objetivo dos dois é entender as circunstâncias da morte. A idosa permanece em estado de choque, sem condições de prestar depoimento.

Fonte: Extra

VEJA TAMBÉM

COMPARTILHAR