Gravação do amigo secreto da Record acaba em briga

173

A gravação do especial de fim de ano da Record, com o tradicional amigo secreto, acabou na polícia na terça-feira (12), segundo informação do Notícias da TV, do Uol. Convidadas para a plateia acabaram barradas na porta e houve briga. A Polícia Militar foi chamada para a sede da emissora, em São Paulo, para conter a confusão.

Segundo a coluna, a confusão foi porque a produção do Família Record decidiu convidar as organizadoras das caravanas para participar da plateia, como um presente, já que todas as semanas ela levam dezenas de pessoas aos programas da emissora.

O convite empolgou e as caravanistas se arrumaram para a ocasião, fazendo cabelo, maquiagem, com roupa de festa. Mas, na hora, muitas foram proibidas de entrar – foram feitos mais convites do que o estúdio tem capacidade, por um erro.

Com isso, as caravanistas que têm mais proximidades com o responsável pelo setor na Record entraram e outras foram barradas. “Tem umas que levam panetones, presentes de fim de ano, e puderam entrar. As que não têm tanta intimidade ficaram de fora”, revelou uma pessoa próxima à situação. As barradas ficaram indignadas e chamaram a polícia. Teve confusão e empurra-empurra no local. Dois funcionários da Record foram acusados de maus-tratos pelas mulheres.

A Record informou que o estúdio da gravação tem 180 lugares e houve realmente mais convidados – por questão de segurança, algumas pessoas ficaram de fora. Contudo, a emissora afirma que como o especial é gravado em duas partes, a plateia será renovada e as caravanistas barradas poderão estar na segunda gravação.

O especial será exibido nos dias 19 e 21 de dezembro.

COMPARTILHAR