Globo corta cenas gay e de violência contra mulher em “O Outro lado do paraíso”

215

Todo mundo sabe que Clara, a mocinha de ‘O Outro Lado do Paraíso’, terá uma reviravolta na vida em breve, depois de sofrer na mão do marido e sua família. Mas parece que essa mudança vai acontecer antes do previsto principalmente devido aos baixo índices de audiência da novela. A emissora resolveu enxugar cenas gay e de agressão contra mulher para acelerar a vingança de Clara.

Segundo informações do colunista Daniel Castro, Walcyr Carrasco está fazendo isso por conta da queda na audiência do folhetim. Os cortes, que já somam mais de 30% da trama, envolvem cenas com o gay enrustido Samuel (Eriberto Leão) e as de violência protagonizadas pelo casal Gael (Sergio Guizé) e Clara (Bianca Bin).

Em nota enviada ao site ‘Purepeople’, a Globo afirmou que “ajustes para adequar o tamanho do capítulo escrito pelo autor (número de páginas) ao tempo real que cada capítulo tem no ar não são incomuns em novelas”.

COMPARTILHAR