ESTÃO ACHANDO QUE UM SATÉLITE RUSSO PODE, NA VERDADE, SER UMA ARMA ESPACIAL

74

O que não falta sobre as nossas cabeças são satélites artificiais — voando, em órbita ao redor da Terra. No entanto, um deles está deixando uma galera com a pulga atrás da orelha. Mais especificamente, se trata de um satélite russo que, segundo o Departamento de Defesa dos EUA, vem apresentando um comportamento muito, mas muito esquisito. Tanto que estão achando que, em vez de satélite, o que eles estão monitorando é alguma arma espacial desenvolvida em segredo pela Rússia.

De acordo com Peter Dockrill, do site Science Alert, a notícia sobre o monitoramento do satélite foi divulgada na terça-feira (11), durante a Conferência sobre Desarmamento da ONU que está acontecendo em Genebra, na Suíça. Quem se manifestou a respeito foi Yleem D.S. Poblete, secretária-assistente de controle de armas do Departamento de Defesa, que também admitiu que, de momento, ninguém tem certeza do que é o tal artefato — e não existe como ir até lá para verificar.

Suspeitas

O pouco que se sabe é que o Ministério de Defesa da Rússia lançou o satélite em outubro do ano passado e descreveu o dispositivo como sendo um “aparelho de inspeção espacial”. Entretanto, segundo os norte-americanos, a órbita, assim como o comportamento e as capacidades do dispositivo não condizem com a missão informada pelos russos — que, por sua vez, negam veementemente ter colocado uma arma espacial em órbita para testes ou seja lá o que for.

Uma suspeita é que o satélite (ou arma!) seja uma resposta russa ao estabelecimento de uma Força Espacial até 2020, projeto que foi anunciado recentemente pelo Governo dos EUA. Com relação ao artefato propriamente dito, embora ele não tenha sido identificado, estão dizendo que se trata de um pequeno dispositivo chamado Kosmos 2521, lançado a partir do satélite Kosmos 2519, mas tudo não passa de especulação.

MegaCurioso*

COMPARTILHAR