Esses foram os 5 empregos mais bem pagos e os 5 piores de 2017

210


O custo de vida brasileiro é extremamente alto para a média salarial do país. Um ranking analisando as capitais brasileiras mostra que as 5 cidades mais caras para se viver em nosso país são; Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Porto Alegre e Cuiabá, nesta ordem. Enquanto isso o salário mínimo estipulado para 2017 foi de R$937,00. Apesar desse valor ser 6,47% maior do que o do ano passado, de R$880,00, ele ainda não condiz com as necessidades básicas da maioria das famílias brasileiras.

Com isso em mente, e sabendo que a desproporcionalidade de salários no Brasil ainda é muito grande. Procuramos os 5 melhores e os 5 piores empregos no país nesse ano que está se encerrando, se tratando de questões financeiras. Os resultados foram surpreendentes e as profissões em destaque não estão entre as que esperadas pela maioria das pessoas. Enquanto isso as piores se mostraram bem variadas. Contendo uma diferença de 7.366 entre o mais e o menos assalariados.

Os mais bem pagos

5 – Analista de Informações de Segurança (R$7,510 mensais/R$90,120 anuais)

4 – Gerente de Serviços Médicos (R$7,875 mensais/R$94,500 anuais)

3 – Engenheiro de Software (R$8,390 mensais/R$100,690 anuais)

2 – Cientista de dados (R$9,272 mensais/R$111,267 anuais)

1 – Matemático (R$9,274 mensais/R$111,298 anuais)

Os mais mal pagos

5 – Controlador de Pragas (R$2,753 mensais/R$33,040 anuais)

4 – DJ (R$2,569 mensais/R$30.830 anuais)

3 – Militar Alistado (R$2,328 mensais/R$27,936 anuais)

2 – Taxista (R$2,025 mensais/R$24,300 anuais)

1 – Vendedor em Varejo (R$1,908 mensais/R$22.900 anuais)

Lembrando que esses valores não são fixos e podem ser alterados dependendo do local e capacidade de cada um. Você trabalha com algumas dessas funções ou conhece alguém que trabalhe?

Via G1 Salário Mínimo Custo de Vida

COMPARTILHAR