Especialistas dão super dicas de corte de cabelo ideal para cada idade

633

corte-cabelo-cada-idadeUm bom corte de cabelo precisa estar adequado ao formato do rosto e também ao estilo da pessoa. Com o passar dos anos, é importante cuidar para que o corte acompanhe o amadurecimento da personalidade, buscando valorizar ainda mais a beleza. Os hairstylists Rudi Werner e César Neubert, do Rio de Janeiro, dão dicas para acertar na escolha do cabelo para cada idade.

20 anos 

“Aos 20 anos vale tudo. Longo, curto, claro, escuro, reto, desfiado, ondulado e até frizado. As brasileiras nessa idade adoram os cortes repicados com franjas longas laterais. A dica é investir em cortes com pontas repicadas para dar movimento e volume”, explica Rudi Werner, da rede Werner Coiffeur.

corte-cabelo-cada-idade-20 (1)

30 anos

“Os 30 anos podem ser considerados o auge da beleza das mulheres. Elas estão mais seguras e certas de si, sem perder a sutileza. Por isso, os cortes acompanham esses mudanças. O visual fica mais chique e sensual. Minha dica é manter os fios na altura dos ombros, sempre repicados e com franja longa. É chique e não envelhece. E investir também no log bob”, sugere César Neubert, Crystal Hair.

corte-cabelo-cada-idade-30 (1)

40 anos

“As mulheres mais velhas não estão mais querendo aquela beleza artificial, plastificada. Apesar das restrições aumentarem, a ideia deve ser valorizar a aparência e não parecer produzida. As mechas, sozinhas, já não camuflam os fios brancos, que estão mais intensos. É preciso colorir tudo desde a raiz. O ideal é usar dois tons mais claros que o natural e abusar do reflexo, que ajuda a rejuvenescer. O comprimento perfeito é na altura do pescoço e repicado, com franja longa. Mas para quem não abre mão do longo, a dica é não passar da linha do peito e ter um repicado em volta do rosto”, orienta Rudi Werner.
corte-cabelo-cada-idade-40

50 anos

“Os cabelos começam a encurtar. A altura ideal é na altura da saboneteira, nem curto demais e bem comprido demais. A franja ainda pode ser vista, mas nunca curtinha, sempre alongada e na lateral. Esqueça o corte reto: para um ar jovem e moderno, os fios precisam ser repicados”, diz César Neubert.
corte-cabelo-cada-idade-50

60 anos ou mais

“O corte chanel ou o curtinho com fios repicados são perfeitos. Para o visual não ficar careta, realce as pontas com spray ou pomada. Outra dica é manter a raiz com volume, para quebrar o semblante cansado. Modele com musse e secador e, se necessário, coloque bob para estruturar os fios”, aconselha Rudi Werner.
corte-cabelo-cada-idade-60

 

VEJA TAMBÉM

COMPARTILHAR