CONHEÇA A SUPER RARA ”GALINHA MONSTRO SEM CABEÇA”

28

O fundo do mar é imenso e ainda desconhecido para o homem. O oceano é o maior habitat do mundo e nós não conhecemos nem 1/3 de toda sua riqueza. Por ser de grande profundidade, é ainda pouco acessível aos humanos. Muitas novas descobertas ocorrem com frequência, mas ainda há muito o que descobrir.

Esse foi o caso da “galinha monstro sem cabeça” que foi vista e encontrada pouquíssimas vezes. O animal dessa vez não só foi visto, como também filmado na costa da Antártida.

Enypniastes eximia

O verdadeiro nome desse animal não tem nada a ver com galinhas. Enypniastes eximia é o nome real desse animal marinho também conhecido como pepino do mar. O apelido bizarro se deve ao formato e aparência que a criatura tem.

As filmagens foram realizadas por pesquisadores australianos e serão enviadas à Comissão para a Conservação dos Recursos Vivos Marinhos do Antártico, um órgão internacional que é responsável pela administração do Oceano Ártico.

Características da “galinha monstro sem cabeça”

O pepino do mar não pode ser encontrado a menos de mil metros de profundidade. Por conta do habitat extremo em que vive, o animal tem algumas adaptações que o fazem sobreviver nesse ambiente. A bioluminescência é uma das características do animal, isso quer dizer que ele emite luz, através de um processo químico.

A bioluminescência também usada como arma de defesa dos predadores. Quando está prestes a ser atacado, o pepino do mar brilha na tentativa de espantar e assustar o predador. Outra característica peculiar é a pele do animal, que é frágil e pegajosa. Quando algum outro bicho o ataca, ele fica marcado com um tecido incandescente, que o torna ainda mais visível para seus próprios predadores.

Outras espécies de pepinos do mar usam algo ainda mais extremo: a evisceração. Eles vomitam os órgãos internos e isso assusta aos predadores (não só eles não é mesmo?). Mas isso não ocorre com a galinha monstro sem cabeça, mas com outras espécies.

COMPARTILHAR