CONHEÇA 9 PROFISSÕES BIZARRAS RELACIONADAS À SAÚDE

CONHEÇA 9 PROFISSÕES BIZARRAS RELACIONADAS À SAÚDE

81

Felizmente a Ciência evolui constantemente, e a Medicina está cada vez mais bem preparada para nos ajudar. O que a gente esquece é que essa melhora só é possível porque existem pessoas fazendo pesquisas a todo o momento, coletando dados, desenvolvendo medicamentos, descobrindo efeitos colaterais e por aí vai. Esses profissionais, que não são os médicos necessariamente, fazem coisas bizarras em nome da evolução da Medicina. Confira alguns exemplos a seguir:

1 – Químico de sabor

É o cara cujas maiores ferramentas de trabalho são suas papilas gustativas. Já imaginou que bizarro você passar boa parte do seu dia experimentando sabores diferentes? Aliás, não apenas experimentando, mas analisando e dando seu veredito. Por que existe isso? Para melhorar o gosto de alguns remédios e até mesmo de loções hidratantes, xampus e afins.

2 – Suplente sexual

É fato que já existem vários tratamentos médicos e psicológicos para pacientes com problemas relacionados ao sexo. A questão é que esses tratamentos não são íntimos como alguns pacientes gostariam que fossem. A terapeuta mais conhecida nesse ramo se chama Cheryl Greene, que ganhou mais notoriedade depois do filme “As sessões”, inspirado em seus métodos nada ortodoxos de tratar seus pacientes.

A ajuda, nesses casos, pode incluir até mesmo a prática de relações sexuais, embora nem sempre seja assim. Confira o trailer de “As sessões” a seguir e nos conte o que você acha desse tipo de recurso. O filme foi baseado em uma história real, envolvendo Cheryl Greene e um de seus pacientes.

3 – Flebotomista viajante

É a pessoa que coleta sangue para doação ou exames em locais inusitados, onde quer que o paciente esteja. Com um passaporte em dia e sem medo de sangue, está aí uma oportunidade profissional para quem não curte ficar sempre no mesmo lugar.

4 – Técnico de sono

Esse profissional é pago para ver pessoas dormindo. Pois é. Se você precisar fazer algum exame de sono algum dia, vai ter alguém monitorando tudo o que acontece com o seu corpo enquanto você dorme, na tentativa de descobrir o que há de errado com a sua saúde. São esses os exames que descobrem, por exemplo, por que uma pessoa ronca demais. Dessa forma, fica mais fácil recorrer a um tratamento correto, que pode ser cirúrgico, medicamentoso ou envolver o uso de aparelhos respiratórios.

5 – Cobaia humana

Parece coisa de filme, mas é verdade: muita gente ganha dinheiro sendo cobaia de novos experimentos e novas medicações. O critério é ter uma saúde nos trinques, sem alergias nem nada do tipo e, claro, assumir o risco, afinal você pode se dar muito bem, mas pode também não ter tanta sorte assim, dependendo dos efeitos colaterais. E aí, você teria coragem?

6 – Corretor de óvulos

Casais que não conseguem gerar um filho naturalmente tendem a procurar médicos que possam auxiliar o processo de reprodução. Quando quem tem o problema é a mulher, muitas vezes a saída é procurar um banco de doadoras de óvulos para realizar a fecundação em laboratório, com o sêmen do marido.

Nesses bancos é muito comum que exista um profissional especialista em divulgar os óvulos presentes, para que os futuros papais possam escolher o seu favorito. Detalhe: os mais pedidos são óvulos de mulheres abaixo dos 29 anos.

7 – Ordenhador de cobra

Já pensou no trabalho bizarro que deve ser ordenhar cobras? Mas isso existe e é muito importante para a indústria farmacêutica, até porque o veneno de cobra é uma das grandes promessas naturais para tratamentos futuros. Os benefícios já descobertos incluem a prevenção da coagulação de sangue e o combate à hipertensão.

8 – Farejador mestre

É a pessoa com um faro treinado para descobrir não apenas odores, mas substâncias que possam ser nocivas. O farejador mais conhecido no mundo se chama George Aldrich, responsável por farejar os materiais da NASA e evitar que substâncias erradas sejam enviadas ao espaço. Bizarro demais para você? Que nada! O cara já é superconhecido e requisitado. Em alguns lugares, isso é mais do que normal. Como ele descobriu seu talento? Quando ainda era uma cobaia humana.

9 – Dentista de equinos

Sabe aquele ditado “cavalo dado não se olha os dentes”? Pois, dependendo do cavalo, você pode olhar, sim. É bem possível que ele tenha dentes mais bem cuidados do que os seus, afinal existe uma profissão dedicada exclusivamente à higiene bucal dos cavalos. As práticas incluem tratamento, exames, extrações de dentes, limpeza e por aí vai. E aí, você encararia essa profissão?

COMPARTILHAR