7 PRODUTOS QUE SUMIRAM E VOCÊ NEM PERCEBEU

41

O tempo passa para todos. Um dia estamos brincando de pique-pegue, rolando na lama e dormindo antes das 22 horas. Mas, de repente a vida passa por uma transformação radical e quando você percebe, já se passaram 20 anos. Não é a toa que escritores, artistas e poetas dedicam grandes obras suas ao tempo. O cantor Caetano Veloso já dizia, em sua música Oração ao tempo: “Tempo tempo tempo tempo, és um dos deuses mais lindos”. Na maioria das vezes o tempo passa tão sutil, que você nem mesmo nota. É mais fácil notar, quando paramos para pensar nos produtos que nós usávamos há algum tempo atrás.

Você deve estar pensando, “como é possível misturar tempo, arte e produtos?”. Seu pensamento é válido, porém, notem que a forma mais eficaz de notar a passagem do tempo é olhando para as coisas que você usava ontem e as que você usa hoje. Talvez você esteja me lendo pelo seu smartphone (ou Iphone se você for um pouco mais exibido). Isso seria possível em 2003? Mas essa matéria não é sobre os novos produtos, e sim, sobre os velhos. Muitas coisas que eram habituais, hoje já não se encontram mais por aí. Por isso, listamos 7 produtos que sumiram e você nem percebeu.

1 – Discman

Hoje você anda com milhares de músicas no seu bolso. Além de você poder deixá-las salvas em seu próprio smartphone, atualmente aplicativos como Spotify e iTunes te deixam a par de uma infinidades de sons e estilos ao alcance dos seus dedos. Porém, não precisa voltar muitos anos atrás para encarar uma realidade musical completamente diferente. Em 1984, era lançado o Discman D-50. No Brasil, o Discman foi proliferado só anos mais tarde, como no início dos anos 2000. Ele era um tocador de CD portátil. Acredite, era uma mão na roda para passar o tempo no ônibus. Porém, era meio inviável andar com mais de dois álbuns para escutar por vez. Por incrível que pareça, ainda exitem discman’s a venda, só que eles realmente são raros e não são mais usados, a não ser por um ou outro saudosista.

2 – Bombom Garoto Personalidades

Se você se lembra dele, eu tenho uma péssima noticia: você está ficando velho. Era uma caixinha com bombons quadradinhos que estampavam os personagens clássicos da Looney Tunes. A primeira edição do chocolate vinha com adesivos da turma do Pernalonga. Já a segunda edição começou a vir com cards colecionáveis dos personagens. A edição mais recente da Garoto Personalidades vinha com os personagens do filme da PixarCarros. Porém, nós temos mesmo é saudade da edição que tinha o Pernalonga e seus amigos.

3 – Tazo

Tazo foi uma verdadeira febre no final dos anos 1990 e início dos anos 2000 aqui no Brasil. Também chamado de Cap ou Zap, eram pequenos discos colecionáveis que, na maioria das vezes, vinham dentro dos salgadinhos. Você pode confessar, só aqui entre a gente: você pedia para os seus pais comprarem salgadinho só para você juntar os tazos. E ainda morria de raiva quando vinha algum repetido.

4 – Tamagotchi

O tamagotchi era mais uma das manias que só os anos 1990 conseguia proporcionar. O “bichinho virtual” era uma criaturinha que você precisava cuidar como se fosse um filho ou um cachorro. Você precisava alimentar, dar água, banho e até levar para ir ao banheiro. Não tinha um objetivo, era simplesmente isso. O brinquedo foi lançado em 1996 pela primeira vez. Em 2017, ele foi relançado para os nostálgicos, porém, a onda viciante da massa só costuma acontecer uma vez.

5 – Creme Dental Tandy

Você deve se lembrar do Tandy, com certeza. Ele era mais que um creme dental, mas o alimento preferido de 4 em cada 5 crianças. Brincadeiras à parte, o creme dental era um dos produtos que convenciam crianças teimosas dos anos 1990 a escovarem os dentes felizes da vida. Além disso, os pais não podiam virar as costas que lá estavam as crianças comendo a pasta que tinha gosto de morango ou uva. Ainda é comercializado, mas já não é mais uma febre comercial como já foi um dia.

6 – Fandangos Molhoucos

Esse foi uma dos produtos mais difíceis de se lembrar. Porém, se a memória fizer seu trabalho, é possível até sentir o gostinho exótico que a Fandangos conseguia proporcionar. Em 2003, a fandangos liberou uma linha da Cheetos e Fandangos com os “Molhoucos. Eles eram simplesmente molhos doces para os salgadinhos. Eles se assemelhavam muito àqueles “melzinhos” que você encontra na feira, só que com um gosto bem mais acentuado. Onde eu jogo dinheiro para a marca relançar essa edição?

7 – Chocolate Surpresa

Para fechar essa lista com chave de ouro, temos a linha de chocolates da NestléSurpresa. O chocolate foi uma verdadeira sensação dos anos 1980 e 1990 aqui no Brasil. O chocolate foi inicialmente lançado na França para depois virar mania por aqui. Recentemente a Nestlé ressuscitou a linha em uma edição especial de ovo da páscoa.

E aí, sentiu a nostalgia na veia? Comenta aqui com a gente e compartilha essa lista nas suas redes sociais. Deixe seus amigos se lembrarem também. E para você que é um nostálgico assumido dos anos 1990, aquele abraço.

Via   CMT  FATOS DESCONHECIDOS
COMPARTILHAR