7 fatos surpreendentes sobre a parte mais profunda do oceano que você não sabia

656


Você sabe o que existe no fundo do oceano? Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você o que tem lá dentro deste lugar cheio de mistérios.

De acordo com a revista Galileu, ” aproximadamente 71% do planeta Terra está coberto por oceanos. E dentro desse dado, Fred Gorell afirma: “mais de 95% do nosso ‘mundo azul’ é desconhecido aos olhos humanos“.

Até hoje, como você vai ver nesta matéria, o ser humano explorou a fundo o território da Lua e em níveis bem baixos o fundo dos oceanos no mundo.

O lugar é um ambiente escuro, com criaturas desconhecidas e cheio de mistérios que ninguém conhece até hoje. Pensando nisso, reunimos para você alguns fatos surpreendentes sobre a parte mais profunda do oceano que você não sabia:

1 – Existem riquezas naturais

Segundo um estudo publicado na revista Scientific Reports, publicado no jornal Correio Braziliense, existe uma variedade animal no fundo do oceano que é impressionante.

De acordo com a pesquisadora de pós-doutorado da Universidade do Havaí em Manoa, Diva Amon, “nós descobrimos que essa região[Clarion-Clipperton, no leste do Oceano Pacífico] reivindicada para exploração abriga uma das mais diversas comunidades de megafauna(animais com mais de 2 cm de tamanho) já registradas em profundidades abissais em alto-mar”.

2 – Existem espécies escondidas e desconhecidas principalmente em regiões com volume de nódulos metálicos

Segundo um estudo que faz parte do projeto Abyssline, uma reunião de pesquisadores interessados em levantar a fauna na zona submarina, existe uma grande quantidade de fauna que reside no oceano.

Em publicação no correiobraziliense, o estudo apontou que “os dados preliminares publicados ontem apontam que a maior concentração de animais está justamente nas regiões com maior volume de nódulos metálicos. Além disso, a maioria da megafauna parece depender desses nódulos para a sobrevivência, sendo possível prever um grande prejuízo para a biodiversidade da zona com o início de atividades mineradoras”.

3 – Muitas espécies só sobrevivem se estiverem próximas a esses nódulos metálicos

Segundo a pesquisadora de pós-doutorado da Universidade do Havaí em Manoa, Diva Amon, várias descobertas foram feitas sobre o fundo do oceano e que ele precisa ser mais explorado pela ciência. Ela conta que ” as maiores surpresas desse estudo foram a grande diversidade, o grande número de novas espécies e o fato de mais da metade dos animais observados dependem dos nódulos – a maior parte do habitat que será removida durante os processos de mineração”.

3 – Existem criaturas bioluminescentes e com grandes presas também

No fundo do oceano, entre 300 e 1.000 metros abaixo da superfície, existem animais que muitos cientistas desconhecem, como a lula quase transparente, peixes bioluminescentes e o famoso peixe-vibora, que habita águas a 2.500 metros de profundidade.

4 – O solo lunar é mais conhecido pelo homem que o fundo do mar

O relevo do fundo do mar continua sendo um dos espaços no mundo menos conhecido pela ciência, segundo críticas dos especialistas internacionais.

De acordo com a pesquisadora francesa e membro da plataforma Oceano e Clima, uma aliança entre ONGs e cientistas, em entrevista ao portal G1, “é muito lamentável que no dia de hoje não se saiba exatamente como é o fundo do mar. Não há razão para que se conheça melhor a Lua que o fundo dos oceanos. Adquirir estes conhecimentos é caro, mas tudo é questão de prioridades“. De acordo com dados da Organização Nacional Francesa de Hidrografia(OHI), atualmente, conhece-se menos de 10% do relevo dos fundos marinhos além dos 200 metros de profundidade.

5 – Existem erupções vulcânicas

Segundo o jornal da Globo, “cientistas norte-americanos encontraram prova para a existência de erupções vulcânicas no fundo dos oceanos. Os dados foram divulgados na revista científica ‘Nature Geoscience’. Usando um instrumento que lança íons na superfície de materiais para estudar a composição química, uma equipe da Universidade de McGill descobriu concentrações altas de gás carbônico em pequenas ‘gotas’ de magma. As gotas estavam presas em cristais na placa tectônica de Juan de Fuca, no estado norte-americano de Oregon“.

6 – Existem criaturas que os cientistas não conseguem catalogar

Essa imagem feita pelo fotógrafo americano Jason Bradley mostra um animal já morto que estava no Instituto de Pesquisas do Aquário da Baía de Monterey, na Califórnia. Ele produziu uma série de imagens sobre animais estranhos e misteriosos ao olho humano que habitam o fundo dos oceanos.

7 – É o palco de sons estranhos que chegam até o espaço

Cientistas fizeram a revisão de medições sobre os níveis do mar e apressão no fundo marinho de 1958 a 2013 e descobriram que o fundo do oceano gerava um som muito parecido ao de uma vibração elétrica, uma frequência com o volume tão baixo que nem mesmo o ouvido humano conseguia captar.

Eles analisaram o fenômeno e perceberam que o pequeno ruído é tão poderoso que pode ser detectado do espaço pelo satélite da Nasa(agência espacial americana), Grace. Em entrevista à BBC Mundo, o cientista Chris Hughes, da Universidade de Liverpool, conta que “em vez de um solo marinho tranquilo, descobrimos grandes e inexplicáveis oscilações”.

O fundo do oceano é realmente um lugar curioso e interessante, não é mesmo? O que você achou destes fatos? Mande seu comentário para gente!

FONTE(S) revistagalileu, mentalfloss, g1.globo, g1mundo, globo.com, G1, Fantástico

COMPARTILHAR