7 Coisas que só a torcida do Timão é capaz de fazer

644

1 – Festa centenária com 130 mil pessoas

festa-centenario-corinthians_vr

À meia noite do dia 1 de Setembro de 2010, nossa equipe completava 100 anos de vida. E a festa foi nada menos do que uma mobilização incrível no Vale do Anhagabaú em São Paulo. Com um público de 130 mil pessoa – o dobro do previsto – o Timão fez uma festa que durou até a madrugada em plena terça-feira.

2 – Dividir o Maracanã meio a meio com uma equipe carioca

invasao-maracana_ut

Em 1976, o Corinthians realizou o maior deslocamento de torcedores que o mundo já teve notícias. Do total de 146 mil pessoas que assistiram a partida contra o Fluminense, estima-se que cerca da metade fosse de torcedores alvinegros, que viajaram em caravanas, ônibus, carros e até aviões para assistir aquela semifinal.

3 – Atravessar o planeta e colocar 40 mil em Yokohama

corinthians-yokohama_aq

Se os cerca de 430 quilômetros que separam o Rio de São Paulo não foram o bastante para impedir a Fiel de seguir a equipe, tampouco foram os mais de 18 mil quilômetros. Em dezembro de 2012, 40 mil torcedores do Corinthians desembarcaram no Japão, para ver a equipe disputar o Mundial de clubes – e vencer – pela segunda vez.

4 – Colocar 146 mil torcedores no Morumbi

morumbi-corinthians_qt

O maior público da história do Morumbi não é do São Paulo, é do Corinthians. Em 1977, na segunda partida da final contra Ponte Preta, que deu o título de campeão paulista para o Timão, registrou-se o recorde de torcedores no estádio: 146.082 pessoas (138.032 pagantes mais 8.050 não pagantes).

5 – Ficar 23 anos sem títulos e ver a torcida crescer

basilio-corinthians_1w

Entre 1954 e 1977 o Corinthians amargou 23 anos sem nenhum título expressivo. Apesar disso, no período que só foi quebrado após o inesquecível gol de Basílio (foto), a torcida corinthiana não parou de crescer. A Fiel ganhou força – e a fama de mais apaixonada do Brasil – que culminou com a invasão corinthiana em 1976. Foi durante esse período também que a primeira torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel, foi fundada.

6 – Ter uma escola de samba campeã do Carnaval

campeao-carnaval_u6

Embora alguns torcedores prefiram não misturar futebol e carnaval, as duas paixões brasileiras estão ligadas. E só a torcida corinthiana pode falar que tem uma escola campeã do Carnaval de São Paulo. A agremiação possui quatro títulos do grupo especial das escolas, mesmo sofrendo algumas injustiças dos jurados…

7 – Salvar 110 mil vidas

sangue-corinthiano_oo

A campanha, criada por um torcedor, virou um dos movimentos de doação de sangue mais populares do Brasil e já está na 15ª edição. Espalhado por todo Brasil, o movimento ganhou força e levou mais de 30 mil de corinthianos aos postos de coletas.

Fonte(s) Portal de noticias

COMPARTILHAR