7 acidentes espaciais mais trágicos da História

112

Foi no dia 12 de abril de 1961 que o soviético Alekseyevich flutuou a 327 km acima da superfície terrestre. Esse foi o primeiro voo de um humano no espaço. Ele ficou conhecido posteriormente como Yuri Gagarin, o primeiro ser humano visitar o espaço. Desde então, o homem já foi diversas vezes para o espaço inclusive no satélite natural da Terra. Consequentemente, entre essas tentativas, aconteceram alguns acidentes espaciais trágicos.

Pois bem, nós resolvemos mostrar para vocês alguns desses acidentes, contando detalhes sobre as tripulações, como os acidentes aconteceram e quantas pessoas morreram. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com os 7 acidentes espaciais mais trágicos da História:

1 – Apollo 1

Vamos falar do primeiro desastre espacial da NASA? O acidente aconteceu no dia 27 de janeiro de 1967, enquanto a NASA testava sua futura missão tripulada. Virgil Grissom, Ed White e Roger Chaffee estavam participando de um treinamento e acabaram morrendo em um incêndio. O uso do oxigênio dentro da cabine e uma escotilha de abertura interna foram as principais causas do desastre. O primeiro acidente fatal da NASA fez com que a agência interrompesse o programa Apollo Moon por 18 meses e fizesse mudanças sérias para aumentar a segurança.

2 – Soyuz 11

Soyuz 11 foi a segunda tentativa e a primeira visita bem sucedida à primeira estação espacial, a Salyut 1. Os cosmonautas soviéticos Viktor Patsayev, Georgi Dobrovolsky e Vladislav Volkov estavam na missão, mas infelizmente eles morreram no retorno à Terra no dia 30 de junho de 1971. Uma válvula se abriu quando eles ainda estavam no espaço, o que matou os cosmonautas asfixiados. O sistema de piloto automático permitiu que a nave retornasse para a Terra.

3 – Acidente do �”nibus Espacial Columbia

A tripulação de sete pessoas do Space Shuttle Columbia (Nave Espacial Columbia) era composta por Rick Husband, William McCool, David Brown, Laurel Clark, Kalpana Chawla, Michael Anderson e Ilan Ramon. Eles morreram no dia 1 de maio de 2003. Quando estavam voltando de uma missão de pesquisa de 16 dias na órbita da Terra, a nave se desintegrou no norte do Texas, nos EUA. O motivo foi um pedaço de espuma do isolamento do tanque de combustível que caiu durante a decolagem, atingindo a asa esquerda do ônibus e danificando seu sistema de proteção térmica. A explosão da nave levou o então presidente dos EUA, George W. Bush, a aposentar de vez o ônibus espacial em 2004.

4  – Acidente do �”nibus Espacial Challenger

Em 28 de janeiro de 1986, a missão STS-51-L da Nasa e o décimo vôo da Space Shuttle Challenger (�”nibus Espacial Challenger) se separaram em 73 segundos, matando todos os sete tripulantes. A tripulação consistia em cinco astronautas da NASA e dois especialistas em carga útil. A tripulação era composta por Michael J. Smith, Dick Scobee, Ronald McNair, Ellison Onizuka, Christa McAuliffe, Gregory Jarvis e Judith Resnik.

O ônibus espacial explodiu exatamente depois de 1 minuto e 13 segundos de ser lançado. A explosão foi causada pela falha dos anéis de vedação no booster e do ônibus espacial. Os astronautas podem até ter sobrevivido à explosão, mas provavelmente morreram quando o cockpit praticamente intacto atingiu o oceano a 320 km/h.

5 – Catástrofe de Nedelin

A explosão da plataforma de lançamento de um foguete soviético aconteceu no dia 24 de outubro de 1960. Esse foi o incidente mais mortal relacionado ao espaço até o momento. Enquanto testes eram feitos antes do lançamento, alguns motores do foguete ligaram a acabaram incinerando 78 trabalhadores que estavam nas proximidades. O primeiro-ministro russo, Nikita Khrushchev, exigiu que o fato fosse mantido em segredo. O designer do foguete, Mikhail Yangel, sobreviveu porque estava fumando um cigarro longe do foguete.

6 – T-38 Crash

O acidente T-38 da NASA, de 1966, ocorreu quando um Talbot Northrop T-38 caiu em Lambert Field, em St. Louis, Missouri, em 28 de fevereiro de 1966, matando dois astronautas do Projeto Gemini. Eles eram Elliot See e Charles Bassett. A aeronave, pilotada por See, colidiu com o prédio da McDonnell Aircraft, onde a espaçonave Gemini 9 estava sendo montada. No dia, o tempo estava ruim, com neve, chuva, neblina e nuvens baixas.

Surgiram muitas especulações, como problemas médicos ou problemas de manutenção de aeronaves, além do clima e dos fatores de controle de tráfego aéreo. Mas o veredicto final foi que o acidente foi causado por erro do piloto. O mais irônico disso tudo é que os dois astronautas morreram a 150 metros da nave Gemini 9, a mesma que os transportaria para o espaço.

7 – Soyuz 1

Voltamos a falar da Soyuz 1. Bom, dessa vez a vítima foi Vladimir Komarov, que comandou a missão Soyuz 1, no dia 2 de abril de 1967. Depois de uma passagem bem sucedida no espaço, a Soyuz 1 entrou novamente na atmosfera. Mas o paraquedas principal de freio da cápsula não abriu e ela se espatifou e explodiu no solo, matando Komarov (a foto acima mostra o que sobrou do corpo dele). Depois da sua morte surgiram boatos de que a nave tinha problemas de funcionamento, mas apesar das objeções dos engenheiros do programa espacial, o voo teria acontecido por pressões de líderes políticos soviéticos.

Apesar do sucesso obtido em viagens ao espaço, foi necessário “sacrificar” algumas vidas para conseguirmos esses feitos. Mas e você, já conhecia todos esses acidentes espaciais? Comente!

FATOS

COMPARTILHAR