5 pontos nos quais o universo cinematográfico DC é melhor que o da Marvel

362

Antes de qualquer coisa, vamos combinar em realizar quaisquer debates de forma civilizada e respeitando outras opiniões. Em seguida, é importante lembrar que não há defesa de lados aqui. Nossa intenção é apenas instigar calorosas discussões e, por que não, entreter mentes curiosas. Dito isso, vamos começar.

É senso comum que as maiores editoras de histórias em quadrinho no ocidente é a DC Comics e a Marvel Comics. Não é de hoje que ambas competem no mercado, se inspiram uma na outra e sempre procuram expandir seus horizontes. Nas áreas de quadrinhos, animações e games a DC foi, por décadas, melhor que sua concorrente e, diferente do que muitos podem pensar, isso não é tomar partido, são apenas fatos. Ao longo dos anos foram mais premiações, mais trabalhos memoráveis e muito mais opiniões favoráveis, tanto da crítica especializada quanto de público.

Sem ter para onde correr e vendo algumas de suas obras sendo adaptadas de forma insatisfatória para os cinemas, a Marvel tomou uma audaciosa decisão e revolveu começar a investir nessa área, tendo a produção de seus filmes realizadas por ela mesma. A partir de então, mais especificamente em 2008 com Homem de Ferro, que ela começou seu reinado na telona. Sem interferências de estúdios, a empresa colocou Kevin Feige (nerd autêntico) para chefiar essa parte e não poderia ter sido melhor. Na verdade, poderia sim, e ficou! Ela uniu seus filmes, criando assim um rico universo cinematográfico. Desde então, todos os filmes feitos pela Marvel Studios são um sucesso e, com isso, ela despertou a atenção de outros estúdios em fazer o mesmo. Seus longas conquistam não somente os espectadores, como também as críticas especializadas. Dessa forma, pela primeira vez, a Marvel ficou à frente da DC.

Após a trilogia Batman de Christopher Nolan, a DC percebeu o quanto estava perdendo em não fazer a mesma coisa, logo, aplicou a fórmula Chacrinha de viver e, em 2013, deu início ao seu universo cinematográfico unificado com Homem de Aço. Três anos depois ela continuou sua expansão com Batman vs. Superman: A Origem da Justiça, porém, desde do primeiro longa, seus filmes são alvos de duras críticas, tanto da mídia especializada quanto do público, principalmente entre os fãs que a Marvel conquistou com os anos de cinema. Argumentos como “ambientação sombria demais”; “Zack Snyder só sabe usar filtro em sua direção”; “esse não é o verdadeiro Superman”; “e esse Batman com arma de fogo? ”; “Mulher Maravilha tão magrela assim? ”; “dois Flash? Já vão bagunçar o que mal começaram”; “os personagens são muito sérios. Cadê o alívio cômico? ”, E assim por diante, são constantemente utilizados.

Sim, sabemos que a Marvel arrasa nos cinemas. Entretanto, selecionamos alguns pontos em que a DC não é de todo mal assim e, por causa deles, é até mesmo melhor que sua concorrente. Sem mais delongas, vamos ao que interessa.

1 -DC tem um excelente velocista

No Universo Cinematográfico Marvel ninguém morre, exceto o velocista. Toda equipe de herói que se prese tem um velocista, é quase uma regra. Mercúrio é um cara legal e sua adaptação para os cinemas ficou ótima. Contudo, infelizmente, o estúdio divide o personagem com a FOX, que já o introduziu no Universo X-Men que, convenhamos, ficou bem melhor. Aaron Johnson fez sua parte como Mercúrio de forma consistente, por isso, merecia ao menos um fim melhor do que lhe foi dado.

2 – Primeira heroína a ganhar filme solo

Desde que Scarlett Johansson fez sua aparição como Viúva Negra em Homem de Ferro 2, todos os fãs imploraram para Marvel fazer um filme solo da personagem. Cadê que fez? Em uma declaração polêmica, Kevin Feige disse que as pessoas não estavam prontas para receber um filme tendo uma mulher como heroína principal. Anos mais tarde, depois de sair de algum calabouço da Disney, ele mudou a conversa e disse que era mais questão de agenda. De qualquer forma, a DC não perdeu tempo e, assim que decidiu levar todos seus principais heróis às telonas, a heroína mais conhecida do mundo não ficou de fora, Mulher Maravilha ganhou seu filme solo sob aplausos. Então foi a vez da Marvel tentar reverter seu lapso de evolução e anunciar o filme da Capitã Marvel.

3 – Possui os personagens mais icônicos

Muitas pessoas criticam o Universo Cinematográfico DC por achar que ele está rápido demais, afinal, a Marvel levou anos para construir o seu. Acontece que a DC não precisa de tanto tempo assim porque seus personagens são absurdamente conhecidos. Além de leitores de quadrinhos (e ainda podemos contar nos dedos), quase ninguém conhecia Homem de Ferro. Gavião Arqueiro? Falcão? Dr. Estranho? Homem Formiga? Nada! Porém, cite o nome da Trindade em voz alta e qualquer um saberá quem os heróis são. Ou mesmo Flash. Arqueiro Verde (mesmo antes de Arrow). Robin. Até o zoado do Aquaman tem mais popularidade. Sem conta que a Liga da Justiça é muito mais conhecido do que Os Vingadores.

4 – Tem o direito de todos seus personagens

Esse é um grave problema. Olha o que houve no caso do Mercúrio. Ter o direito de todos os seus personagens permite a empresa ter muito mais liberdade criativa. Tudo bem, a DC não é um estúdio e tem parceria com a Warner, porém é com ela e mais ninguém (falando a nível de cinema). Casos como X-Men, Quarteto Fantástico e (alguns) Homem Aranha, poderiam ter sido evitados caso a Marvel tivesse o direito de sobre todos os seus personagens. Depois de errar bastante, a FOX acertou com Deadpool e Logan, veremos onde isso acaba. Mesma coisa com Homem Aranha, depois do fracasso (você pode até ter gostado, mas não muda o fato de ter sido um fracasso) a Sony resolver entrar em acordo com a Marvel e, enfim, tentarem de novo.

5 – Diversidade

Não é “mimimi”, não é “vitimismo” e muito menos um “mundo chato demais”. Acontece que o mundo é feito de mais pessoas além de homens brancos, hétero. A DC não apenas terá o primeiro filme solo de super-heroína nos cinemas (dessa geração) como colocou uma mulher encarregada da direção. Seu universo cinematográfico ainda é pequeno, mas é bastante representativo. Há homossexuais, imigrantes, negros, asiáticos e todos eles com papeis importantes nesse cenário. Alguém precisa avisar a Marvel que representatividade importa!

Bônus – DC tem Oscar

Uma zoeira para descontrair! Pode bater o pé, pode gritar aos quatro cantos que Oscar não vale de nada e não significa nada. Sabemos que não é bem assim. Tudo bem, o prêmio nem sempre é sinônimo de qualidade, contudo, a The Academy Awards de Hollywood ainda possui muito respeito e influência no meio. Ter um Oscar na bagagem é outro nível. E nessa parte, a DC tem bem representada!

Agora, com muita calma, queremos saber sua opinião. O que achou da lista? Acrescentaria mais algum item? Não temos intenção de impor verdades, ofender e nem desrespeitar ninguém. Nossa intenção é apenas proporcionar debates saudáveis. Por isso, compartilhe suas impressões conosco!

FONTE(S) Screen Rant

COMPARTILHAR